Um Acidente chamou a atenção de quem passou pelo aeroporto [VIDEO] de Suvarnabhumi, em Bangkok, na última quinta-feira (18). O brasileiro Ricardo Vilela, que fazia trabalhos como DJ na Tailândia, despencou de uma sacada do terceiro andar do local, às 3h da manhã, usando apenas roupa íntima.

O brasileiro foi atendido pela equipe do aeroporto e em seguida encaminhado para o Hospital Samitivej, onde segue internado em estado crítico, segundo o site internacional The Sun.

O momento do acidente

O DJ Ricardo Vilela deveria pegar um voo em Bangkok quando caiu da varanda do terceiro andar do aeroporto sem deixar vestígios de como teria acontecido o acidente.

Outro fato inusitado é que no momento em que foi socorrido, o brasileiro usava apenas um calção de banho preto. Após ser atendido pela equipe médica do local, ficou constatado que o homem de 31 anos havia quebrado a perna e o tornozelo após cair ao chão.

Até o fechamento da matéria do The Sun, o chefe do aeroporto, Kittipong Kittikachornm, informou que o motivo da queda ainda era um mistério e que sua equipe estaria investigando as câmeras de segurança para entenderem o que aconteceu com o brasileiro. Ainda de acordo com o funcionário do Kittipong, a equipe responsável pelo caso já estaria em contato com a Embaixada do Brasil na Tailândia em busca de maiores informações sobre o brasileiro.

Segundo as autoridades locais, Ricardo Vilela estava na Tailândia desde o dia 13 de setembro para apresentações em vários locais nos próximos meses e deveria deixar o país no dia 7 de dezembro no mesmo voo de volta com a Ethiopian Airlines para Jacarta, na Indonésia.

Não é a primeira vez que alguém cai da sacada de aeroporto

O acidente, que parecia ser algo isolado e inusitado, já teria ocorrido com outro homem. Maik Schwagerus, de 51 anos, despencou da varanda do quarto andar de um aeroporto, no último dia 10 de outubro após se recusar a embarcar em seu voo de volta para casa. Maik chegou a passar quatro noites dormindo no local quando acabou caindo da sacada em um portão de embarque.

Assim como o DJ Ricardo Vilela, o homem chegou a ser socorrido no local e levado ao hospital, porém não teve a mesma sorte que o brasileiro e acabou morrendo momentos depois.

Em 2013, o aeroporto onde aconteceu a queda de Maik teria gastado milhões instalando barreiras de vidro com altura de 2,5 metros para evitar que esse tipo de acidente ocorresse.