Anúncio
Anúncio

Quando o Natal está se aproximando, é comum que as crianças escrevam suas cartinhas para o Papai Noel onde revelam qual presente gostariam de ganhar e esta é uma tradição muito popular não só no Brasil, como também em muitos outros países. No México, uma menina escreveu sua cartinha para o bom velhinho e resolveu fazer diferente, amarrou o bilhete em um balão e soltou, na esperança que chegasse até o Papai Noel.

Esse balão acabou caindo na cidade de Patagonia, no Arizona, Estados Unidos, e foi encontrada por Randy Heiss, um senhor de 60 anos.

Ele viu os restos do balão no jardim de sua casa e logo notou que tinha uma cartinha amarrada e quando a abriu, viu que estava em espanhol. Como a esposa domina bem o idioma, pediu para que ela traduzisse e ficou surpreso com o que descobriu. [VIDEO]

A cartinha em espanhol foi escrita por Dayami e a menina anotou uma lista de presentes que gostaria de ganhar neste Natal.

Advertisement

O americano resolveu ser o bom velhinho

Heiss deu uma entrevista para o jornal norte-americano Washington Post e contou que, quando era criança, costumava enviar cartas ao Papai Noel amarradas em balões e que todo Natal fazia isso, só que nunca teve resposta alguma.

Quando encontrou aquela cartinha no jardim de sua casa, logo viu do que se tratava e não teve dúvidas de que precisava fazer alguma coisa para não deixar aquela menina sem resposta, mesmo sabendo que ela morava no México.

O problema era descobrir de onde aquele balão veio, então ele analisou a direção do vento e supôs que a carta teria vindo da cidade de Nogales, no México. Mas ele não tinha certeza, pois mora há cerca de 30 quilômetros de onde a cartinha teria vindo e sabia que seria difícil encontrar a criança que escreveu a lista de presentes [VIDEO].

Advertisement

Foi então que o senhor decidiu recorrer às redes sociais e fez uma postagem na esperança de que alguém em Nogales pudesse ajudá-lo, só que não teve sucesso. A postagem nas redes sociais não surtiu efeito, mas o americano não desistiu e resolveu então recorrer a uma rádio local.

A rádio divulgou a história, disse que o homem que encontrou o balão com a cartinha queria encontrar quem a escreveu e conseguiu chegar até Dayami, uma menina de 8 anos de idade e que ficou muito feliz ao saber que sua cartinha foi encontrada por alguém e que seus desejos seriam atendidos.

E Heiss comprou tudo que estava na lista: roupas, material escolar, boneca, brinquedo e mais alguns presentes para ela e também a irmã da menina, que tem 4 anos. O americano, acompanhado de sua esposa, foi conhecer a menina que enviou a cartinha e levaram os presentes. O casal disse que eram "ajudantes de Papai Noel".

Há cerca de 9 anos este casal perdeu o único filho e como não têm netos, ficaram felizes em poder realizar o sonho de uma criança.