Dias depois do ataque de urso registrado na Itália, outro caso de ataque animal chama a atenção. Uma tratadora morreu ao ser atacada por um tigre siberiano no zoológico de Zurique, na Suíça. O ataque ocorreu em frente aos funcionários e visitantes do zoo.

Durante o ataque os visitantes tentaram pedir ajuda disparando um alarme. O barulho chamou a atenção da equipe de funcionários do zoológico, que imediatamente tentou salvar a vida da tratadora.

A equipem que contava com a ajuda de outros tratadores, conseguiu retirar o tigre da gaiola, encaminhando o animal para uma jaula provisória. Ao afastar a mulher do animal, iniciaram o atendimento médico de emergência, porém a funcionária, uma mulher de 55 anos, não resistiu vindo a óbito no local.

De acordo com fontes oficiais, os responsáveis receberam o comunicado de que a tratadora teria sido atacada pelo animal dentro de suas instalações às 13h20 (horário local).

Declarações

De acordo com a porta-voz da polícia de Zurique, a ajuda chegou tarde demais. Uma investigação está sendo realizada para descobrir os motivos que levaram a tratadora a entrar na jaula com o animal.

Severin Dressen, diretor do zoológico de Zurique, relatou que o tigre está com eles a mais ou menos um ano, quando foi transferido de um zoológico de Odense, cidade dinamarquesa onde o animal nasceu, no ano de 2015.

O diretor informa que o comportamento do tigre siberiano foi normal desde a sua chegada no jardim zoológico.

Severin declarou à agência Associated Press que o pensamento de todos estão com os familiares e amigos da vítima. "Nossa total solidariedade", afirmou.

Os visitantes do zoológico ficaram aterrorizados com a cena presenciada. Todas as pessoas que testemunharam a morte da tratadora estão recebendo auxílio psicológico.

O zoológico

O zoológico de Zurique, na Suíça, é considerado um dos melhores da Europa. Em 75 anos de existência, o zoológico acumulou 2.200 Animais de 300 espécies.

Os ataques de animais em jardins zoológicos não são algo frequente, porém esse é o segundo caso de ataque animal no zoo de Zurique.

Um tratador foi atacado por um crocodilo, que mordeu a sua mão durante um processo de limpeza no estabelecimento.

O fato ocorreu recentemente, em dezembro de 2019. O animal responsável pelo ataque foi abatido.

O destino do tigre da Sibéria, que na verdade é uma fêmea chamada Irina, ainda não foi divulgado. Os motivos que levaram Irina a atacar sua tratadora permanecem em investigação.

Siga a página Animais
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!