A Newsweek informou que pelo menos 826 estudantes e 46 professores do distrito escolar do condado de Cherokee, na Geórgia, nos EUA, foram afastados e postos em quarentena de 14 dias, após o retorno das aulas presenciais no estado. A decisão foi tomada após a apresentação de novos casos positivos de contaminação pelo novo coronavírus.

O condado, que não obriga o uso da máscara de proteção contra o coronavírus, tomou a decisão da quarentena de duas semanas, apenas seis dias depois da reabertura das unidades escolares. Apesar da falta de obrigação do uso de máscaras, os funcionários da instituição tiveram que cobrir seus rostos enquanto davam aula.

Superintendente

Segundo o superintendente Brian Hightower, que escreveu uma carta direcionada aos pais dos alunos do distrito escolar, o distanciamento social se torna tarefa impossível em determinadas áreas escolares, e devido a isto professores e profissionais da instituição receberam a exigência de usar as máscaras de proteção ou protetores faciais em situações em que manter o distanciamento dos alunos não é possível. Ainda na carta, ele informa que o distrito está distribuindo máscaras também para os estudantes e recomenda fortemente as famílias que o uso das mesmas seja realizado.

Precauções

Um componente considerado bastante crítico diante da reabertura das escolas é o fato de que uma vez que os alunos apresentem sinais de que estão doentes, é dever dos pais mantê-los em casa.

Os distritos escolares, responsáveis pela administração das instituições públicas de ensino, realizam um tipo de rastreamento, onde familiares e alunos possam ser informados caso mantenham contato próximo com alguém diagnosticado com a doença causada pelo coronavírus em um curto espaço de tempo.

No caso deste tipo de contato, os estudantes são orientados e encaminhados para uma quarentena residencial de pelo menos duas semanas.

A mesma regra vale para os professores e profissionais das unidades. Profissionais e alunos podem retornar a escola somente ao fim do período indicado de isolamento.

Foi exatamente uma destas situações que acabou levando os 820 alunos e 46 professores a um período de quarentena.

Comunicado

O distrito escolar do condado de Cherokee também enviou uma carta para toda a escola e familiares no objetivo de avisar pais e responsáveis sobre as infecções.

Entre as escolas do distrito, a instituição de ensino Etowah High School se destaca como a unidade com maior número de estudantes em quarentena até o momento.

De acordo com os dados divulgados, a instituição afastou pelo menos 296 estudantes que cursam o Ensino Médio e cinco de seus funcionários.

Siga a página Saúde
Seguir
Siga a página Educação
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!