No domingo (6), um bebê de um ano precisou ser levado ao hospital após ter engolido uma cobra venenosa que encontrou no quintal de casa. O caso aconteceu na vila de Bholapur, em Fatehganj, na Índia. A cobra engolida pelo garoto é da espécie krait hatchling, considerada uma das mais venenosas do mundo.

Segundo informações divulgadas pelo jornal local Times of India, a mãe do bebê se deu conta de que o filho estava com algo pendurado na boca, isso enquanto o menino ainda estava brincando no quintal. Ela então correu até o filho e conseguiu tirar o animal, que media em torno de 15 centímetros, da boca da criança.

Preocupado com o ocorrido, o pai do menino, um fazendeiro que foi identificado apenas pelo primeiro nome de Dharampal, decidiu levar o filho até um hospital da região. Para o jornal local, o pai afirmou que logo após o ocorrido eles correram até um centro comunitário de Saúde, porém, no local eles foram instruídos a procurar um hospital do distrito. “Rezamos pela vida de Devendra”, declarou Dharampal. No hospital, o bebê recebeu o soro antiofídico, ficou um tempo em observação e passa bem. O o animal não sobreviveu.

Criança encontra sucuri em piscina em Goiás

No último sábado (5), Heitor Alves do Carmo, de apenas 8 anos, tomou um susto durante um passeio que deveria ser tranquilo junto à natureza.

O menino estava nadando em uma piscina natural do Parque das Fontes, área criada exclusivamente para os hóspedes do Resort Rio Quente, localizado em Goiás, quando se deparou com uma cobra sucuri nadando no local.

De acordo com informações passadas pela mãe do menino, Daysa Alves de Souza, ao portal G1, o filho saiu da piscina assim que avistou o animal e, logo em seguida, a família teria feito um vídeo da sucuri.

Segundo ela, Heitor nada “muito bem”, mas eles sempre ficam de olho no menino. No local, o garoto teria ido até uma região “onde sai uma água quentinha” e assim que se sentou ele avistou a cobra ao seu lado. Depois disso, assustado, Heitor “saiu correndo” da água. Além disso, ainda ao portal G1, Daysa afirma acreditar que Heitor recebeu um “livramento”, isso ressaltando que o animal poderia ter se enrolado e asfixiado o menino.

“Situação bem traumática”, resumiu ela.

Em uma nota oficial, o Rio Quente Resorts falou sobre o ocorrido e afirmou que a cobra sucuri estava localizada em uma área que “não é permitida a entrada de hóspedes”. E mais, eles afirmam ainda que assim que se teve conhecimento da presença do animal, funcionários do hotel logo evacuaram a piscina no intuito de capturar a sucuri para soltá-la na natureza. Daysa ainda contesta a versão do resort, afirmando que na piscina não havia nenhuma sinalização indicando que a área era proibida para os usuários do hotel.

Siga a página Saúde
Seguir
Siga a página Animais
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!