Uma das maiores premiações do universo pop ocorreu no último domingo (22) e contou com vários artistas de peso da indústria fonográfica. Uma das participações do AMAs 2020 foi a de Katy Perry, artista que não se apresentava na premiação desde 2013. Disposta a divulgar seu novo álbum, "Smile", a cantora trouxe uma apresentação intimista e pessoal.

Katy Perry volta ao AMAs após 7 anos

A última vez que Katy Perry esteve no palco do AMAs foi há 7 anos, para performar o então single "Unconditionally". A performance foi marcada por uma polêmica relacionada a apropriação cultural, já que a cantora americana vestiu-se de gueixa (personagem característico da cultura japonesa).

Nos anos seguintes, a última passagem da Katy pelo American Music Awards muitas coisas aconteceram na sua carreira. Ela lançou "Prism", álbum ao qual pertence a faixa "Unconditionally" e que gerou um sucesso comercial expressivo. Nesse período de divulgação de "Prism", a cantora apresentou-se no intervalo do Super Bowl (maior audiência da TV americana), além de participar ativamente na campanha presidencial de Hillary Clinton contra o então candidato Donald Trump.

No entanto, o sucessor de "Prism" não obteve igual sucesso comercial. "Witness", quarto álbum de estúdio da americana, não conseguiu emplacar um hit e vendeu muito abaixo do que era esperado. O período também foi repleta de polêmicas envolvendo o nome da cantora, que chegou a ser “cancelada” várias vezes na internet.

Por conta de tudo isso, a Katy Perry não esteve nos grandes eventos da Música dos últimos anos.

Primeira aparição da Katy Perry após o nascimento da Daisy

Depois de todos os dissabores da era passada, Katy parece estar disposta a se reinventar novamente. Lançou este ano o seu quinto álbum, "Smile" e trouxe ao mundo sua primeira filha, Daisy Dove Bloom.

Com uma filha nascendo e uma pandemia ocorrendo, a cantora não teve muitas chances de aparecer em grandes eventos para promover o álbum, que saiu em agosto. O AMAs 2020 é o primeiro grande evento que ela participa depois do nascimento da Daisy.

Katy Perry dedicou a apresentação no AMAs 2020 ao pai

A cantora escolheu para a apresentação a faixa "Only Love" de seu mais recente álbum.

Com uma letra que fala sobre aproveitar os dias como se fossem os últimos, deixar o ódio desnecessário de lado e cultivar apenas o amor, a canção foi uma escolha perspicaz da cantora. Logo após o anúncio de sua participação no AMAs 2020 e a confirmação de que "Only Love" seria a canção performada, ela afirmou que queria trazer uma mensagem de união e paz para seus fãs.

Poucas horas antes de se apresentar, a cantora postou uma foto sua quando bebê sendo segurada nos braços do pai e disse que a performance do AMAs 2020 era dedicada ao pai. Criada em um lar cristão e conservador, os pais de Katy sempre se mostraram um tanto quanto insatisfeitos com os rumos tomados pela cantora.

Nas eleições, inclusive, os pais da Katy apoiaram a reeleição do presidente Trump, já a cantora defendeu o candidato democrata Joe Biden.

Ao que parece Katy e seus pais vivem um novo momento, um momento de reaproximação, perdão e cultivo do amor, assim como ela mesma canta em "Only Love".

Katy Perry entrega performance simples, mas repleta de emoção

Ao contrário das outras performances da Katy, que eram marcadas por uma grande produção e coreografias magníficas, esta foi simples e intimista. Ainda na tarde do domingo, a própria cantora fez um tweet, anunciando que havia voltado a igreja (provavelmente, fruto de uma reaproximação com os pais, que são pastores), havia conhecido um novo amigo e encontrado apenas amor ("Only Love", em referência ao nome da faixa).

O novo amigo a quem ela se referia era Darius Rucker, cantor country que cantou "Only Love" junto com ela.

A ambientação do palco foi bastante simples, havia luzes e duas cadeiras, nas quais estavam sentados Darius e Katy. O foco não era o esplendor do ambiente ou da coreografia, era a emoção passada através da voz de ambos artistas.

A repercussão da performance

A performance foi bem recebida pela mídia especializada, com várias revistas e jornais rendendo elogios a Katy. O jornal britânico The Mirror disse que a cantora "irradiava felicidade enquanto cantava ao vivo" e que ela "cantou com todo o coração". Já o portal de notícias Yahoo! destacou a importância da letra da música, já que ela representa a reaproximação entre Katy e seus pais.

Siga a página Música
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!