O mundo das notícias é complexo, e histórias e imagens falsas costumam ser amplamente compartilhadas nas redes sociais. A equipe editorial da Blasting News identifica as informações enganosas e as fraudes mais populares toda semana para ajudá-lo a entender o que é verdade e o que é mentira. Aqui estão alguns dos boatos falsos mais compartilhados da semana.

EUA

Alegação: Presidência de Trump “aprovou o maior pacote de cortes de impostos e reformas da história americana”, teve a “maior economia” e “alcançou um nível recorde de baixo desemprego entre afro-americanos, hispano-americanos, asiático-americanos”

Fatos: Em 20 de janeiro de 2021, durante seu discurso final como presidente, Donald Trump disse: “Aprovamos o maior pacote de cortes de impostos e reformas da história americana”.

Ele também acrescentou: “Nós também construímos a maior economia da história do mundo”.

Com relação ao emprego durante sua presidência, ele afirmou: “Reativamos a criação de empregos na América e alcançamos um nível recorde de baixo desemprego entre afro-americanos, hispano-americanos, asiático-americanos, mulheres –quase todo mundo".

Verdade: Essas declarações são falsas ou distorcidas.

A economia durante a gestão Trump não era a “maior da história americana”. O crescimento médio anual dos EUA com Trump foi de 2,48% antes da pandemia. Este número está abaixo do registrado durante a gestão do ex-presidente Ronald Reagan, cuja média de crescimento anual foi de 4,2%, segundo dados da AP.

Em relação aos cortes de impostos, eles não foram “os maiores da história americana”. A AP relata que “o corte feito por Ronald Reagan em 1981 foi o maior, seguido pela reversão em 1945 dos impostos que financiaram a Segunda Guerra Mundial”.

Sobre o “recorde de baixo desemprego entre afro-americanos, hispano-americanos, asiático-americanos, mulheres”, isso também não é exatamente verdade.

Em 2019, a taxas de desemprego entre afro-americanos e hispânicos foram “as mais baixas registradas desde que o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos começou a coletar essas estatísticas em 1970”, no entanto, ela aumentou significativamente para ambos os grupos devido ao impacto da pandemia na economia dos Estados Unidos. As baixas taxas de desemprego às quais Trump se refere são de antes da pandemia.

A crise da saúde custou à economia americana 10 milhões de empregos. Com isso, os EUA têm hoje 2,8 milhões de empregos a menos do que quando Trump foi empossado –e esta perda recaiu principalmente sobre negros, hispânicos e mulheres.

EUA

Alegação: Obama foi preso antes da posse de Biden

Fatos: Gage Nelson, apresentador do conservador “America Divided Podcast”, disse que “apareceu um vídeo do ex-presidente Barack Obama em uma cela de prisão e muitos estão perguntando se Barack Obama foi preso”. Depois de compartilhar sua alegação, ele mostrou a filmagem do ex-presidente Obama em uma cela. Usuários das redes sociais reutilizaram o clipe e colocaram a seguinte legenda: “BARACK OBAMA PRESO ... 75 dias após o dia das eleições na América e, um NOVO vídeo apareceu do ex-presidente Barack Obama em uma CELA deixando muitos em dúvida ...

OBAMA FOI PRESO?”. No vídeo, Nelson reconhece que Obama não foi preso, no entanto, o título e a legenda sugerem claramente que o ex-presidente foi preso.

Verdade: O ex-presidente Barack Obama não foi preso e não está na prisão. O vídeo compartilhado nas redes sociais foi feito durante uma visita à cela de Nelson Mandela na Ilha Robben, na África do Sul. O jornal britânico The Guardian compartilhou a filmagem em julho de 2013. Ne mesma época, o canal oficial da Casa Branca no YouTube compartilhou clipes desta homenagem a Mandela, que morreu em 5 de dezembro de 2013, de infecção pulmonar.

EUA

Alegação: Vídeo mostra aeronaves militares voando para Washington para a posse de Biden

Fatos: Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram aviões militares que estariam se dirigindo a Washington D.C.

para a posse de Joe Biden no dia 20 de janeiro.

Verdade: Um usuário do TikTok chamado @jaymb1719 postou as imagens no último dia 7 de janeiro e compartilhou vídeos semelhantes que mostram a mesma cena em 27 de abril de 2020.

França

Alegação: Brigitte Macron visitou crianças doentes “sem máscara e sem qualquer distanciamento social”

Fatos: Desde o último dia 17 de janeiro, postagens compartilhadas milhares de vezes nas redes sociais acusam a primeira-dama da França, Brigitte Macron, de visitar crianças doentes “sem máscara e sem qualquer distanciamento social”.

Verdade: As fotos compartilhadas nas postagens para comprovar a alegação datam de 8 de janeiro de 2020, antes de a China anunciar a primeira morte oficial por Covid-19.

Coreia do Sul/EUA

Alegação: EUA terão quarentena nacional de duas semanas, fechamento do comércio e mobilização de tropas após a posse de Biden

Fatos: Publicações compartilhadas nas redes sociais na Coreia do Sul e nos EUA afirmam: “Notícia urgente! O Departamento de Segurança Interna está se preparando para mobilizar a Guarda Nacional, preparando-se para despachá-los pelos Estados Unidos junto com os militares”. “Nos próximos dias, o presidente invocará a Lei Stafford, e todos os americanos ficarão em quarentena em casa por duas semanas. Todos os comércios também ficarão fechados por duas semanas ”, acrescentaram as publicações.

A alegação é apoiada por uma carta supostamente escrita pela Guarda Nacional dos EUA.

Verdade: Divisões da Guarda Nacional no Kansas, Pensilvânia, Utah e em vários outros americanos confirmaram que a carta é falsa.

Hong Kong

Alegação: Vídeo mostra carro elétrico da Apple sendo carregado

Fatos: Vídeo compartilhado dezenas de milhares de vezes no Facebook, Twitter e Weibo alega mostrar o que seria um protótipo de carro elétrico desenvolvido pela Apple.

As imagens mostram o veículo carregando suas baterias por meio de um cabo gigante, similar ao utilizado em aparelhos da marca, como iPhone e iPad.

Verdade: Uma busca reversa na internet mostra que o vídeo compartilhado nas redes sociais foi publicado originalmente no último dia 4 de janeiro, no Douyin (versão chinesa do TikTok), pelo artista de efeitos especiais Ou-mi. O título da publicação original é: “É assim que os carros elétricos da Apple são carregados?”. Em declaração à AFP Fact Check, Ou-mi disse: “Sou eu quem brincou naquele vídeo, e o efeito especial foi criado pela minha equipe. Achamos um carro qualquer e adicionamos o logotipo da Apple nele”.

Indonésia

Alegação: Vídeos mostram últimos momentos de voo da Sriwijaya Air que caiu na Indonésia

Fatos: Dois vídeos compartilhados milhares de vezes no Facebook, YouTube e TikTok alegam mostrar os últimos momentos do voo 182 da companhia Sriwijaya Air, que caiu no último dia 9 no mar da Indonésia, com 62 pessoas a bordo, instantes após decolar do aeroporto de Jacarta.

Verdade: Uma busca reversa na internet mostra que ambos os vídeos compartilhados não foram gravados por passageiros do voo 182 da Sriwijaya Air. Uma das gravações mostra passageiros de um voo da companhia aérea low cost indiana IndiGo que foi atingido por uma forte turbulência em julho de 2020. O outro vídeo mostra passageiros a bordo de um voo da companhia aérea búlgara ALK Airlines que passou por uma forte turbulência em junho de 2019.

Brasil

Alegação: WhatsApp pode acessar fotos e mensagens pessoais do usuário

Fatos: Mensagem compartilhada no Facebook e em grupos de WhatsApp afirma: “Lembre-se, amanhã começa a nova regra do Whatsapp que permite usar suas fotos! Lembre-se que o prazo é hoje! Pode ser usado em ações judiciais contra você. Tudo o que você postou pode ser publicado a partir de hoje, até mesmo mensagens excluídas”.

Verdade: Em declaração à agência Aos Fatos, o WhatsApp afirmou: “As conversas pessoais são protegidas com criptografia de ponta a ponta, o que significa que essas conversas são privadas, e que o WhatsApp não pode ler, ouvir ou ver o conteúdo das imagens compartilhadas”.

Colômbia

Alegação: Papa Francisco foi preso por pornografia infantil e fraude

Fatos: Publicação compartilhada no Facebook alega que o papa Francisco foi preso no Vaticano, acusado de uma série de crimes, como tráfico de crianças e fraude.

Verdade: A informação se espalhou no Facebook após ser publicada pelo portal Prevencia, que por sua vez traduziu as informações do site canadense Conservative Beaver, que no último dia 10 de janeiro publicou um artigo com a seguinte afirmação: “O Papa Francisco, também conhecido como Jorge Mario Bergoglio, foi preso no sábado em conexão com uma acusação formal de 80 crimes, incluindo posse de pornografia infantil, tráfico de pessoas, incesto, posse de parafernália de drogas e fraude criminal”.

Segundo a agência AFP, o site Conservative Beaver é famoso por publicar notícias falsas e já teve uma série de outros artigos desmentidos. Fora isso, ao contrário do que o artigo canadense indicava, que o Papa teria sido detido no dia 9, tanto neste sábado quanto nos dias seguintes o Pontífice fez aparições públicas.

Portugal

Alegação: Portugal é o país mais pobre da Europa

Fatos: Publicação compartilhada no Facebook alega que Portugal é o país mais pobre da Europa. “O Marcelo é o presidente do país mais pobre da Europa, mas não tem vergonha nenhuma. E diz que é agora com as esmolas da Europa é que os portugueses têm de contar. Mas diz que tem de manter este governo miserável até ao fim”, diz o post.

Verdade: De acordo com dados de 2019 da agência europeia de estatísticas, Eurostat, Portugal tem o 16° melhor PIB per capita do bloco, com um valor de 18.598 euros, ficando à frente de Bulgária, Croácia, Eslováquia, Estônia, Grécia, Hungria, Letônia, Lituânia, Polônia e Romênia.

Levando em conta o Índice de Desenvolvimento Humano, Portugal ocupa a 28ª posição entre os 43 países que integram o continente europeu.

Argentina/Espanha

Alegação: Enfermeira do Exército argentino morreu após receber a vacina Sputnik V

Fatos: Publicações compartilhadas no Facebook alegam que a enfermeira e cabo do Exército argentino María Daniela Domínguez, de 24 anos, morreu na cidade de Zapala, província de Neuquén, após receber a vacina russa Sputnik V contra o novo coronavírus. “A vacina mata. Espalhe urgente. A mídia oficial esconde isso”, concluem algumas das mensagens.

Verdade: A informação divulgada na rede social foi desmentida tanto pelas autoridades sanitárias argentinas quanto pelo Exército do país. María Daniela Domínguez morreu no último dia 1º de janeiro, no Hospital Zapala, devido a uma insuficiência cardíaca em consequência de um tromboembolismo pulmonar.

A militar não havia recebido nenhuma vacina contra a Covid-19.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página WhatsApp
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!