É verdade que a internet e as novas tecnologias vieram para auxiliar e facilitar a vida de diversos campos profissionais. No jornalismo móvel, a convergência das mídias está fazendo surgir um novo perfil na profissão que é o jornalista multitarefa.

Se uma equipe "tradicional" era composta de repórter e fotógrafo, no caso do impresso, ou repórter, câmera e produtor, no jornalismo televisivo, agora essas equipes tendem a se concentrar apenas na figura de um único jornalista.

Esse profissional tem que fazer as fotos do evento, escrever as anotações, entrevistar pessoas e, de preferência, enviar o texto em tempo real.

O próprio exercício proposto de produzir um vídeo e fotos "o mais rápido que puder", mostra também um agravante a mais da situação a que esses profissionais terão que se adaptar: a rapidez para divulgar as informações.

Atualmente, o jornalismo móvel é que mais consegue representar a questão da convergência digital nos meios de comunicação, pois com o advento das novas tecnologias, surgiram aplicativos e diversas ferramentas que auxiliam na execução das tarefas da rotina de construção das notícias online.

O jornalista e professor Gibran Luis Lachowski afirma que o jornalista multitarefa é aquele profissional tido como símbolo do jornalismo contemporâneo. Suas características seriam a multimidialidade, ou seja, a capacidade de elaborar texto, imagem estática, imagem em movimento, áudio, infografia, animação, e a multiplatafórmica, o que significa utilizar diversos equipamentos, como notebook, netbook, smartphone ou tablet conectados à internet.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades

Além disso, muitas vezes esse mesmo profissional assume mais uma tarefa que é a de utilizar as redes sociais como Twitter e Facebook para divulgar as notícias que produz.

Mesmo com tantas inovações tecnológicas, o trabalho básico do jornalista relativo à apuração da notícia continua o mesmo e, com certeza é bastante complicado conseguir otimizar em tempo recorde, utilizando apenas um smartphone para elaborar uma reportagem com qualidade técnica.

Esse é um desafio que ainda teremos pela frente.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo