Nessa semana me senti duplamente envergonhado, uma por ser brasileiro e outra por ser gaúcho. Pois é, lamentavelmente esse dia chegou. O motivo foi escutar e ver pelos canais de rádio e TV do país, que o Exmo. Deputado Marco Maia do PT do Rio Grande do Sul, redator da CPI mista que apura fraudes em contratos na Petrobras, não conseguiu encontrar relação de nenhum colega seu e nenhuma empreiteira que pudesse ser indiciada por corrupção na investigação da Petrobras.

Publicidade
Publicidade

Pasmem! É uma vergonha. Nossa política é uma vergonha!

Onde está à coerência, a ética, em colocar um deputado que tem seu partido imaculado pela sujeira da corrupção, ser o "comandante" da investigação?

Esse senhor está pensando que uma nação toda é idiota ou o quê? Será que esse senhor representante do povo gaúcho não está acompanhando as notícias? Diariamente somos bombardeados com informações de parlamentares e empreiteiras envolvidas nos mais diversos escândalos, em todas as esferas políticas deste país, nesse caso especificamente, o da Petrobras.

Publicidade

Será que o Exmo. Deputado Marco Maia do PT desconhece que quando foi realizada a compra da refinaria de Pasadena no Texas, por um valor absurdo de U$D 360 milhões, ou seja, oito vezes maior que valia a empresa, teve o aval da Presidente do Conselho Administrativo da Petrobras, a então Presidente de República, Sra. Dilma Rousseff?

Será que esse senhor está colocando em xeque o excepcional trabalho da Polícia Federal, que identificou um rombo bilionário aos cofres da União, assim como colocou atrás das grades vários correligionários do Deputado?

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Opinião

Será que o trabalho investigativo do Ministério Público Federal, que identificou superfaturamento nos contratos da Petrobras, além da existência de cartel de empreiteiras, peculato e evasão de divisas foi uma investigação fraudulenta?

Será que o ex. Diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, confessou à Policia Federal a evidência de caixa dois para financiamento de vários políticos do PT, PMDB e PP, incluindo o nome de 12 Senadores da República, mais de 50 parlamentares da base aliada do Executivo, não são informações verdadeiras?

É lamentável, vergonhoso e repugnante ver e escutar senhores como esse que estão indo na contra mão da transparência, na contra mão da ética.

É lamentável que tenhamos, na grande maioria dos legisladores, sejam eles, municipais, estaduais ou federais, pessoas incautas que somente pensam em benefício próprio, deixando uma nação a mercê de seus desmandos.

Fica um alerta ao povo brasileiro, vamos aprender a escolher nossos representantes.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo