A tão sonhada Reforma Tributária do Brasil não sai do papel e se espera por ela há muito tempo. Mas será que é do interesse do Congresso Nacional votar a Reforma? Eles realmente querem realizar essa reforma? É uma pergunta que não quer calar, pois melhoraria o País e faria com que o Brasil caminhasse rumo ao desenvolvimento, além de que cresceria economicamente. Mas os políticos não pensam muito na melhoria do país. Na época das Eleições eles prometem tudo, mas após se elegerem, esquecem-se do povo e delegam prioridade aos seus bolsos. A corrupção, a ganância, passam a preponderar e eles só conseguem´pensar´no aumento de seus patrimônios, construídos à base do suor do trabalhador.

E o que dizer das famílias carentes que não têm o que comer? Mães de família que ao abrirem o armário da cozinha ´choram´ por não ter alimentos em casa e não poder dar aos filhos o almoço? Elas olham ao redor e só enxergam os seus filhos ´chorando´ de fome e pedindo comida e dizendo: _Mãe estou com fome. É triste para uma mãe não poder ter o que dar para o seu filho, dói, e o que elas podem fazer, pois ao olharem para o lado se deparam com os armários vazios? Triste realidade, mas é um panorama real no Brasil: de um lado os políticos nadando no ouro, e do outro mães lutando para poder dar algo para os seus filhos comerem. Até quando continuaremos com esse descaso no país?

O dinheiro gasto pelos políticos daria para matar a fome no Brasil. E eles não são eleitos para ajudar a população? Ou tudo não passa de um embuste, um belo teatro, tudo montado para enganar as pessoas?
De acordo com o estudo do INESC ( Instituto de Estudos Socioeconômicos) e com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 10% dos mais pobres da população comprometem 32% de sua renda pagando impostos e os 10% dos mais ricos pagam 21%. A grande cobrança dos impostos é sobre o consumo embutido nos preços de bens e serviços, e todos ao usarem os serviços, pagam igualmente pelos impostos. E tem também as alíquotas que incidem sobre os salários.

A Reforma Tributária correta recairia sobre o patrimônio e renda do capital e aliviaria o consumo e a renda do trabalhador.

Se analisarmos, paga-se muitos impostos e tributos, mas os serviços públicos oferecidos são de má-qualidade.O sistema tributário /hoje/ no Brasil é injusto, cobra dos pobres e isenta os ricos.

É preciso uma mudança no país já, pois senão, onde iremos parar?