Nova ação da Polícia Federal deu cumprimento a três mandados judiciais da Operação 'Lava Jato' nas primeiras horas desta sexta-feira (27) em São Paulo e no Rio de Janeiro. De acordo com a PF, foram duas ordens de custódia - uma em cada cidade. Nas diligências efetuadas pelos policiais, foram presos Dario Queiroz Galvão Filho e Guilherme Esteves de Jesus. Dario é presidente da Galvão Participações. Já Guilherme é apontado pela Polícia como operador do esquema.

Ainda de acordo com um porta-voz, Galvão Engenharia é uma empresa do grupo e alvo de investigações no esquema de corrupção na Petrobras.

A empresa é suspeita de integrar o chamado 'clube' de empreiteiros que fraudavam o Estado, de acordo com o Ministério Público Federal. Dario Queiroz é réu no processo da 'Lava Jato', que investiga transgressões como corrupção, formação de organização criminosa e lavagem de dinheiro, de acordo com o MPF.

A Polícia Federal de São Paulo informou, em torno das 10h, que o sócio da Galvão Engenharia foi preso às 6h e estava no caminho da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Ainda de acordo com a PF, ele foi levado de carro até a capital paranaense.

O lugar onde ocorreu a prisão não foi revelado. Dez policiais federais estiveram envolvidos na ação. Documentos apreendidos também foram levados a PF na capital do Paraná.

A prisão temporária pode ser prorrogada, por tempo indeterminado, no decorrer de um processo. Assim, todos os presos nas operações da PF podem permanecer detidos. A Operação 'Lava Jato' foi iniciada pela Polícia Federal em março de 2014 e investiga um esquema milionário de lavagem de dinheiro e evasão fiscal. Esta etapa da operação foi desencadeada em 16 de março deste ano e cumpriu 18 mandados da justiça federal.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Lava Jato

A Justiça Federal do Paraná prossegue dando andamento ao processo, com base nos levantamentos da PF. Estão sendo ouvidas em audiências nesta semana, dezenas de testemunhas arroladas pela acusação e pelos próprios envolvidos na Operação 'Lava Jato'.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo