A TV Globo está envolvida em uma grande polêmica por conta de uma de suas afiliadas. Durante a manhã desta terça-feira, 14, a TV Gazeta, afiliada do canal no estado de Alagoas foi alvo de busca e apreensões. O dia não foi nada positivo para os funcionários da emissora. O caso foi noticiado pela própria Globo nesta tarde durante o 'Jornal Hoje'. A TV Gazeta é de propriedade da Organização Arno de Mello. A afiliada é uma das propriedades midiáticas de Fernando Collor de Mello, que já foi presidente da república do país. Atualmente, Collor é senador pelo estado de Alagoas, no qual transmite o sinal da maior emissora de TV do Brasil.

Afiliada da Globo é alvo de investigações desde as primeiras horas da manhã 

A busca e apreensão começou bem cedo, nas primeiras horas do dia.

A investigação está sendo comandada pela Polícia Federal. O órgão de segurança conseguiu uma mandato para pegar computadores e documentos da emissora que possam ter qualquer ligação com o ex-presidente. Collor está sendo mais um dos políticos investigados na operação Lava-Jato, um enorme esquema de corrupção que a cada dia tem novos nomes envolvidos.

Caso foi destaque em telejornal da tarde da Rede Globo de Televisão 

Durante o 'Jornal Hoje', Evaristo Costa chamou um link diretamente de Brasília para falar sobre o caso. Uma reportagem também foi mostrada. No entanto, a emissora preferiu não soltar qualquer nota sobre o assunto. O objetivo da polícia federal é encontrar qualquer prova que possa ligar o esquema de corrupção delatado pelo doleiro Alberto Yousseff a Fernando Collor de Mello e também a outros políticos.

Os melhores vídeos do dia

Collor foi mencionando por Yousseff durante uma de suas delações.

Collor também foi citado por empresário por ter supostamente recebido propina

Além de Yousseff, Collor também foi citado por Ricardo Pessoa, dono da UTC. O empresário diz ter pago R$ 20 milhões par ater a ajuda do senador na influência de negócios com a Petrobrás. A TV Gazeta disse que apoia todo o tipo de investigação e que está prestando toda a ajuda necessária à polícia federal.