Governo deverá cortar 10 entre os 39 ministérios

O ministro do planejamento Nelson Barbosa revelou após reunião de coordenação política que uma reforma administrativa irá ocorrer. A reforma administrativa estaria sendo coordenada segundo eles pela própria presidente Dilma Rousseff. A proposta deve ser construída até o final do mês de setembro. O assunto foi discutido nessa segunda-feira no Palácio do Planalto e contava com a presença da presidente Dilma e de outros ministros do governo.

Publicidade
Publicidade

Em sua entrevista coletiva o ministro deu as seguintes declarações: "Essa reforma administrativa, em linhas gerais, seguirá cinco diretrizes: a primeira é uma redução no número de ministérios. Uma redução de 10 ministérios, como referência. Estamos trabalhando com a meta de reduzir o número de ministérios em 10".

O ministro ainda revelou que o governo teria a intenção de reduzir o número de cargos comissionados no executivo, que giram em torno de 22 mil pessoas.

Perguntado sobre os valores que o governo pretendia economizar com essas mudanças, o ministro afirmou que o maior ganho seria em produtividade.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lava Jato Corrupção

Senado fará sabatina com Janot e CPI terá acareação entre Costa e Youssef

O procurador geral da república deverá enfrentar uma dura sabatina. Que está marcada para acontecer na data de 26 de agosto. Na última quinta-feira Janot apresentou uma denúncia de corrupção contra Collor e Cunha. Sua denúncia foi a primeira de um político com foro privilegiado nas investigações da Operação Lava Jato

Um projeto que deverá ser discutido no plenário seria a repatriação do dinheiro de brasileiros no exterior não declarados a receita federal.

Publicidade

Dilma e Temer discutem permanência do vice na articulação política 

A presidente e o vice Michel Temer se encontraram nessa segunda-feira (24) para discutir a permanência do vice no cargo. Ao fim da reunião Temer saiu do gabinete presidencial sem falar com a imprensa. O vice presidente recentemente andou relatando que seu papel já estaria cumprido e que gostaria de deixar o cargo. A possível decisão de Temer vem deixando a presidente e seus auxiliares bastante preocupados.

E Dilma estaria disposta ao gesto para mostrar que o vice é fundamental para a governabilidade do país.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo