Segundo a revista Veja, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva já arrecadou R$ 27 milhões em quatro anos, apenas dando palestras. Até aí, nada demais. Outros ex-presidentes daqui e de outros países também já fizeram fortuna fazendo a mesma coisa. Fernando Henrique Cardoso e Bill Clinton, são bons exemplos.

Então por que chama a atenção os milhões de Lula ? Simples. Lula abriu a empresa LILS, iniciais de seu nome, para gerenciar suas palestras, ministradas no Brasil e no exterior. A empresa movimentou, entre abril de 2011 e maio de 2015, entre créditos e débitos, R$ 52 milhões. Desse total, R$ 27 milhões foram em créditos, na conta da LILS, no Banco do Brasil, provenientes de companhias que atuam em diferentes segmentos.

No entanto, na relação dessas companhias, estão as empreiteiras Odebrecht, a Andrade Gutierrez, a OAS e a Camargo Correa, que contribuíram com R$ 10 milhões, para deixar a conta de Lula mais gorda. Todas envolvidas no esquema criminoso da Petrobras, investigado pela operação Lava Jato.

Como isso tudo foi descoberto? O Coaf, Conselho de Controle de Atividades Financeiras, é um órgão do Ministério da Fazenda responsável por identificar, no sistema financeiro, movimentações bancárias, depósitos e saques vultosos, que podem ser de interesse dos órgãos de investigações. Foi assim que o Coaf identificou na LILS, movimentações financeiras incompatíveis com o faturamento. No relatório do Coaf encaminhado à Polícia Federal, Ministério Público e Receita Federal, conta que "aproximadamente 30%" do valor arrecadado pela empresa de Lula, tem origem nas empreiteiras envolvidas no escândalo da Petrobras.

Os melhores vídeos do dia

O histórico de Lula junto a essas empresas chama a atenção. Lula viajou com a Odebrecht e a Camargo Correa, em busca de novos negócios, pela África e pela America Latina. Durante seu governo, muitas empresas que hoje contratam seus serviços, foram beneficiadas com financiamentos concedidas por bancos públicos. Uma delas foi a Quip. O nome pode parecer desconhecido, mas na verdade, a Quip foi formada pela associação entre a Queiroz Galvão, UTC, Iesa e Camargo Correa (todas investigadas pela Lava Jato) e foi contratada pelo governo Lula para construir plataformas de petróleo para a Petrobrás. 

Como na política é dando que se recebe, chegou a vez de Lula receber. A Quip contratou o ex-presidente para dar uma palestra motivacional, para 5000 operários, durante 29 minutos, em maio de 2013. Por esse serviço, ele recebeu a bagatela de R$ 378.209,00. Fazendo uma conta rápida, o minuto de Lula pode ser um dos mais caros da história. Ele ganhou R$ 13.000 por minuto.

Não é só o ex-presidente que ficou milionário.

Toda a família é bem sucedida. O filho mais velho, Fabio Luis, que detinha uma empresa de games, que inicialmente tinha um capital de R$5 mil, alguns anos depois vendeu parte da empresa por R$ 10 milhões. Outro filho promissor é Luis Claudio, o mais novo. O rapaz que trabalhava no Palmeiras, como auxiliar de preparador físico, abriu, em 2011, a empresa Touchdown Promoção de Eventos, com capital de R$ 1.000 e faturamento de R$ 50.000. Em 2012, movimentou, em apenas 7 meses, R$ 6,2 milhões. E com apenas um funcionário registrado.

Lula não está sendo, formalmente, investigado.