Anúncio
Anúncio

Após ter sua nomeação como ministro da Casa Civil impedida quatro vezes em poucos dias, Lula decidiu conferir uma entrevista coletiva para falar de seus planos no governo Dilma e sua trajetória política.

Como todo discurso do petista, ouve defesas, críticas e argumentos do começo ao fim. Para começar, Lula acredita que parte da mídia está unida para, assim como a oposição, encurtar o mandato de Dilma, propagando um clima de ódio no país, comparando a situação ‘sofrida’ pela presidente como a que atualmente existe na ‘Venezuela’.

Lula aproveitou para afirmar que quer ajudar o governo de Dilma e que, com seu otimismo, tem certeza que pode oferecer ajuda para tirar o país da crise econômica atual, listando possibilidades aparentemente simples, mas que não puderam ser tomadas antes porque não ‘deixam’ Dilma trabalhar.

Anúncio

Soluções para tirar o Brasil da crise, apontadas pelo ex-presidente:

  • Vender qualquer coisa para o exterior a suaves prestações;
  • Garantir crédito para o trabalhador;
  • Garantir financiamento para obras de infraestrutura.

O Impeachment

O petista também criticou o processo de impeachment alegando que este se trata de um golpe, uma vez que Dilma não cometeu nenhum crime. Vale recordar que o PT de Lula protocolou pedidos de impeachment contra FHC, bem como Lula era uma das figuras marcantes durante o processo do impeachment de Collor.

Não houve crime de responsabilidade durante os 8 anos de governo FHC, mas lá estava o PT, inclusive mostrando seu ego ferido pelo pleito frustrado durante as eleições seguintes, quando Lula e Dilma colocavam a culpa por todos os males do país no FHC, seja quem fosse seu adversário em um debate político.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

A culpada pela crise econômica é a PF

Para finalizar a coletiva de Lula, o político atribuiu problemas na economia brasileiras como perda de investimento estrangeiro e salários não pagos ao trabalhador por conta da exposição que a Lava Jato está fazendo dos investigados que nem foram condenados.

E você, concorda que a mídia é quem cria essa desunião entre as pessoas e que a Lava Jato é prejudicial para a economia do Brasil? Deixe sua opinião em um comentário.