Nesta segunda-feira (28), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu entrevista a 24 jornalistas de vários veículos internacionais. Ele falou sobre a saída do PMDB do governo e fez críticas ao Juiz paranaense Sérgio Moro. Lula falou para os jornalistas, por mais de duas horas. Estavam presentes na entrevista, representantes dos principais meios de comunicação mundiais como: "El País" e de agências como a “AP”, ‘Reuters”, “Efe” e “France Presse”, e do The New York Times

Sobre o PMDB Lula disse que pode acontecer o mesmo que ocorreu em 2003, quando houve uma coalizão sem o apoio da direção.

Lula também falou sobre o Juiz Sérgio Moro, que é o juiz responsável pelas investigações da Operação Lava Jato. Lula disse que o Juiz é competente, mas que foi "picado pela mosca azul” uma alusão às pessoas que ficam deslumbradas com o poder.

Lula já havia discursado na semana passada para os sindicalistas e afirmado que a Operação Lava Jato poderá trazer consequências negativas para o Brasil e uma dessas consequências é o aumento do desemprego.

Lula, na ocasião, falou para que os sindicalistas procurassem a força tarefa e o Juiz Sérgio Moro, para saber se eles estão analisando os prejuízos que a operação já deu para o Brasil.

PMDB fora do governo

O ex-presidente Lula acredita que a possível saída do PMDB do governo não seja um abandono total. Ele lembrou o inicio do governo petista, em 2003, quando parte do PMDB apoiava o governo mesmo sem uma aliança com a direção peemedebista.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula Política

Mesmo assim, Lula lamentou o rompimento da aliança com o PMDB. Oex-presidente afirmou que vê com tristeza a saída do PMDB do governo e salientouque Dilma não quer a saída dos ministros, e nem eles pretendem abandonar suas pastas.

O ex-presidente falou também que o PMDB tem alguns estados que nunca apoiaram totalmente o governo e que ele irá procurar Michel Temer, presidente do partido e Vice-Presidente da República, para entender o que está acontecendo.

No final da entrevista, Lula fez novamente um apelo para que deixem a Dilma governar.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo