O cenário político do Brasil se tornou um caos nas últimas semanas. Acontecimentos, como, por exemplo, a operação Lava Jato, o pedido de Impeachment da presidente Dilma, a divulgação de conversas telefônicas entre a presidente Dilma e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo juiz federal Sergio Moro, a lista da Oderbrecht com o nome de supostos envolvidos em esquemas de propinas e o desligamento do PMDB com o Governo Dilma Rousseff são alguns dos fatos que botaram ainda mais lenha fogueira da atual conjuntura Política brasileira. A cada dia que passa novas informações são liberadas e vêm mostrando ao povo brasileiro que Brasília está sim lotada de lobo em pele de cordeiro.

Impeachment no vice-presidente Michel Temer?

A última bomba divulgada veio da coluna da jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo. Segundo a colunista, um grupo de advogados que integram a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), estão estudando a hipótese de apresentar um pedido de impeachment contra o vice-presidente da república, Michel Temer (PMDB/SP). Lembrando que o PMDB (partido de Temer), anunciou ontem o desligamento com o governo de Dilma Rousseff (PT).

Porém, a intensão deste grupo de advogados citado por Bergamo é que, caso o pedido de impedimento contra Dilma seja aprovado e o cargo de presidente fique com Temer, o mesmo não possa tomar posse do governo.

Segundo a notícia publicada pela colunista da Folha, os advogados alegarão que Michel Temer também participou das “pedaladas fiscais” usadas para o pedido de impeachment contra a presidente. Pois assim como Dilma, o vice-presidente também deve ser responsabilizado pelas “irresponsabilidades” cometidas no governo do qual faz parte; outro fato que também será usado no documento é que Temer (assim como Dilma) também foi citado na delação do Delcídio do Amaral.

Rompimento do PMDB com o governo

Foi anunciado ontem (29) o desligamento do PMDB com o governo da presidente Dilma Rousseff.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula Governo

Após uma reunião no diretório nacional do partido comandada pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), foi oficializado o rompimento, “o PMDB se retira da base do governo da presidente Dilma Rousseff e ninguém no país está autorizado a exercer qualquer cargo federal em nome do PMDB", enfatizou Jucá.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo