O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez declarações polêmicas, nessa segunda-feira (28), em entrevista coletiva que durou cerca de duas horas a correspondentes de veículos internacionais em um hotel na Zona Sul de São Paulo.

Durante a coletiva, Lula “cutucou” e criticou o juizSérgio Moro,que é o responsável por conduzir a maior investigação contra a Corrupção no Brasil,as investigações da Operação Lava Jato.

Em certo ponto da entrevista, Lula afirmou que Sérgio Moro pode ter sido picado pela “mosca azul”

Lula disse que o juiz Sérgio Moro é uma pessoa muito competente, mas que a “mosca azul” (figura associada a orgulho e soberba) pode tê-lo picado.

“Moro é uma figura inteligente e competente, mas como ser humano temo que a mosca azul faça seus efeitos”, disse.

Lula também questionou a grande atenção que a mídia dá a Sérgio Moro e que a divulgação dos grampos telefônicos o “ofenderam” e que a mídia fez um verdadeiro circo com as conversas entre ele ea presidente Dilma Rousseff, Jaques Wagner (chefe de gabinete da Presidência) e com o prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes.

“Acredito que o juiz deveria ter responsabilidade em não confundir conversas pessoais com conversas públicas, e o mais grave de tudo é a imprensa usar isso como se fizesse parte de um circo”.

Lula disse que está indignado e que a divulgação dos áudios foi uma atitude deprimente, pobre e de má fé

Lula afirmou que se sente indignado e que a atitude de Moro em relação a divulgação dos áudios foi uma atitude deprimente, pobre e de má fé.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lava Jato Lula

“Duvido que nesse país não se converse por telefone, com parentes ou com amigos, qualquer bobagem, qualquer coisa.”

Disse que não é correto divulgar diálogos de cunho privado e que tem medo que atitudes como as de Sérgio Moro virem “hábitos” e que todos os brasileiros tenham seus diálogos privados ao telefone divulgados.

“Atitudes como essa não contribuem com a democracia”.

Ao final, Lula afirmou que não quer ter nenhum tratamento especial e que espera que seu tratamento seja igual ao tratamento de qualquer outro brasileiro.

Só espera isso e não quer nada mais e que deseja que Sérgio Moro faça seu trabalho de forma correta para contribuir com a democracia brasileira, e que democracia é saber “ouvir as pessoas” e respeitar o direito de defesa eque sua maior expectativa é que Deus coloque a mão na cabeça de Moro para que ele faça justiça com as pessoas que ele está julgando.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo