O presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve um pedido de prisão preventiva decretado pelo MP (Ministério Público de São Paulo) que causou muito alvoroço no Congresso Nacional e na mídia, nesta quinta-feira (10).

Os prós e contra são visíveis, de um lado os aliados que dizem ser um tipo de perseguição do Ministério a Lula. Os oposicionistas falam que o ex-presidente está inflamando os seus apoiadores contra o poder público.

O petista foi acusado de ocultarque é o proprietário do apartamento tríplex no Guarujá (S.P). Devido a esses fatos, o MP solicitou a prisão preventiva de Luiz Inácio Lula da Silva.

Os advogados de Lula se opõem sobre a acusação de que ele seja o dono do apartamento. A pessoa que decidirá se haverá ou não a prisão do ex-presidente será a Juíza Maria Priscila Veiga Oliveira (4ª vara criminal de S.P).

Outros dezesseis intimados pelo MP também serão indiciados como réus, caso haja uma resposta positiva da magistrada.

A repercussão foi grande no Congresso Nacional e os parlamentares comentaram a respeito. O Senador Agripino Maia (DEM-RN), disse que o MP não solicitaria o pedido de prisão se não tivesse provas concretas, que comprovassem a veracidade dos fatos. E concluiu parabenizando as instituições, que a seu ver mostram que ninguém está acima da lei.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lava Jato Lula

O líder do (PSDB) no Senado, Cássio Cunha Lima, falou que não há os meios cabíveis de autorização para a prisão do ex-presidente. Segundo o senador, o MP e a PF realizaram os processos de busca e apreensão, há pouco tempo em busca de provas e que é preciso ter prudência.

O Senador Cristovam Buarque (PPS-DF), disse que somente se prende um ex-presidente em uma democracia, quando se tem as provas que incriminem, evidências e acusações concretas.

Ele diz que o MP “deverá ter levado em conta“ e que “não é um bom serviço para o Brasil“.

O Deputado Federal (PSDB-PI) se manifestou dizendo, que se Lula não estivesse envolvido com o tríplex ou o sítio em Atibaia, não teria ido com Leo Pinheiro ao apartamento e não haveriam comprado o pedalinho. Para ele é fato concreto.

Outros parlamentares deram declarações á saber: Humberto Costa (PT-PE), José Guimarães (PT-CE), o líder do (DEM), Pauderney Avelino, o líder do PT no senado Paulo Rocha, o vice-líder do governo na câmara, Paulo Teixeira (PT-SP), a senadora Regina Souza (PT-PI) e Rui Falcão, presidente nacional do PT.

A repercussão sobre o pedido de prisão de Lula repercutiu na mídia e redes sociais. Famosos, artistas comentaram, confira abaixo:

Olavo Carvalho (professor) comentou no facebook que “que o ex-presidente Lula não se levanta mais e que a sua prisão não irá demorar. Mas que se preocupem com os tucanos”.

Mônica Waldvogel do canal Globo News postou na rede social: “que o pedido da MP foi sem pé e cabeça“.

O cantor Lobão comentou em sua página: “Lula na cadeia, õ, ô, ô, ô, Lula na cadeia ô, ô, ô, ô.”

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo