Sérgio Moro, juiz de Curitiba, após ter recebido a notícia de que o caso em que Luíz Inácio Lula da Silva estava sendo investigado por ele na Operação Lava Jato iria se transferir para o Supremo, decidiu tornar públicas algumas conversas feitas por Lula e os seus principais apoiadores, inclusive a própria Dilma Rousseff. Neles, até mesmo situações familiares envolvendo a sua esposa foram reveladas.

No entanto, apesar de ter sido nomeado ministro ainda nessa semana, outra juíza revogou essa situação e agora o ex-presidente se encontra à espera de uma decisão concreta da justiça brasileira.

De acordo com o Portal MSN,nos áudios divulgados publicamente pela Polícia Federal e pelo juiz Sérgio Moro, pode-se ouvir que Lula faz uso de palavras pesadas. E, muitas vezes, xingamentos aos responsáveis por ele ser investigado na Lava Jato foram proferidos sem dó e nem piedade.

Até mesmo as feministas não escaparam, pois algumas delas foram chamadas de ‘grelo duro’ pelo ex-presidente. Acompanhe abaixo uma síntese das conversas grampeadas envolvendo Lula e alguns dos seus apoiadores.

Lula e Rosa Weber

Rosa Weber é atualmente a ministra do Supremo Tribunal Federal e Lula se referiu a ela como alguém que poderia resolver alguns dos seus problemas, já que, outros homens do lado dele não o fizeram: “Se homem não tem saco, quem sabe uma mulher corajosa possa fazer o que os homens não fizeram”, declarou.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula Governo

Lula e José Guimarães

O deputado Guimarães, defensor do Governo do PT, disse a Lula, em conversa telefônica, que teme o comportamento da presidente Dilma. Segundo ele: “Lula, nós temos um problema, o jeito dela.” José Guimarães é líder do governo e tem uma grande proximidade com o ex-presidente.

Lula sobre Marta Suplicy

Ela já foi do PT e também foi citada por Lula nos áudios grampeados pela PF. Neles, Lula diz que a senadora Marta Suplicy, (PMDB-SP), foi xingada pelos manifestantes: “Foi chamada de puta”, disse Lula.

Lula e as feministas do PT

Cadê as mulheres do grelo duro do nosso partido?”,perguntou Lula,referindo-se a Maria do Rosário e Fátima Bezerra, convocando-as para fazer protestos pró-PT.

Em outros áudios, Lula diz que o juiz Sérgio Moro representa certo desejo de combate à corrupção e também fala sobre uma suposta construção de prédio feita por uma empreiteira da Lava Jato na sede da Procuradoria.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo