O deputado Paulo Pimenta (PT-RS) cometeu um ato falho durante sua fala na Comissão Especial do Impeachment instalada na Câmara dos Deputados. Durante a sessão da última quarta-feira (6), em que foi lido o parecer favorável do deputado Jovair Arantes (PTB-GO) ao processo de Impeachment, o petista discursava em defesa de Dilma e Lula, porém, ao tratar da presidente, a chamou de “ex-presidente”, levando os deputados de oposição ao delírio.

Paulo Pimenta estava acusando os deputados da Comissão do Impeachment contrários a presidente Dilma de fazerem alusões “injuriosas” contra ela e o ex-presidente Lula. Foi nesse momento que o deputado do PT escorregou em sua fala e se referiu a Dilma como “ex-presidente”. Após o equívoco, o deputado percebeu rapidamente e demonstrou uma expressão de arrependimento. Por outro lado, os opositores a Dilma comemoraram como um gol em final de Copa do Mundo. Os deputados de oposição trataram logo de se levantar e fazer uma algazarra só, em meio a risadas, palmas e gritos de “Caiu, Caiu...”.

Assista ao momento do ato falho do deputado e a reação da oposição:

Pedido de Vista

O relator do processo na Comissão do Impeachment levou cerca de 5 horas para ler todo seu parecer, porém, já em suas primeiras palavras deixou claro o conteúdo que viria na sequência. "Não me abalarei se me chamarem de vilão e golpista", disse Jovair Arantes em suas primeiras frases, deixando claro que daria seu parecer favorável a continuidade do processo de impeachment.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula Política

Depois da leitura do parecer, como já era esperado, foi dado um pedido de vista coletivo, quando é feito por vários deputados, e a sessão foi dada como encerrada. Regimentalmente, é preciso um prazo de duas sessões para se voltar a discutir a peça, a ideia é que a discussão se inicie na sexta-feira (8). O presidente da Comissão do Impeachment, Rogério Rosso (PSD-DF), e o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), já definiram o calendário que o processo de impeachment vai percorrer.

Entenda e veja as próximas ações e datas clicando aqui.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo