Jair Bolsonaro do Partido Social Cristão - PSC é um dos deputados mais polêmicos que existem no Brasil. O parlamentar já disse que '' não estuprava'' a deputada federal Maria do Rosário do Partido dos Trabalhadores - PT, já fez citações de honra a ditadura militar.

Durante a votação do impeachment, o discurso de Bolsonaro foi o que mais reverberou nas redes sociais e nos veículos de comunicação de todo o mundo, que acompanham a situação Política brasileira.

Bolsonaro proferiu discurso de honra ao torturador Coronel Brilhante Ustra, Chefe do DOI-Codi, que matou mais de 50 pessoas e torturou a atual presidente, Dilma Rousseff durante a ditadura militar no Brasil.

Deputado defende Jean Wyllys

Glauber falou sobre os insultos de Jair Bolsonaro contra o deputado federal Jean Wyllys durante outras sessões, onde o deputado proferia diversos ataques ao outro deputado, longe das câmeras.

Em uma publicação no Facebook, o deputado que disse que a cadeira de Eduardo Cunha cheira a enxofre durante a votação do Impeachment, publicou "... porque fui testemunha por diversas vezes da tortura psicológica que o parlamentar faz com Jean," desabafou o deputado. O post tinha teve mais de 23 mil curtidas e cinco mil compartilhamentos.

Se não bastasse o seu discurso polêmico, o deputado entrou em uma desavença com o também parlamentar, Jean Wyllys do PSOL. Jean cuspiu em Bolsonaro depois do deputado do PSC usar palavras de baixo calão e homofóbicas contra o Jean que acabava de votar.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula Política

Novas curtidas a Coronel Ustra crescem 3.300% após homenagem de Bolsonaro

A página dedicada ao chefe do DOI-Codi, o torturador Coronel Ustra, cresceu após o pronunciamento de Jair Bolsonaro - PSC durante a votação do impeachment. O levantamento foi realizado pela BBC Brasil em um artigo publicado sobre a procura dos internautas sobre o Coronel após a citação do nome dele pelo parlamentar.Jair Bolsonaro chocou o país ao falar sobre o torturador de Dilma Rousseff.

18 mil pessoas registram queixa contra Bolsonaro na PGR

Jair Bolsonaro é polêmico e defende pautas contra o movimento LGBT, o retorno da ditadura militar e a família tradicional brasileira, composta por um homem e uma mulher. O político é conservador e já é conhecido mundialmente, por seu discurso de ódio contra a população LGBT.

Foram realizadas mais de 18 mil reclamações na Procuradoria Geral da República - PGR, contra a conduta de Jair Bolsonaro. Outros manifestantes e apoiadores de Jean Wyllys abriram uma petição online contra Jair Bolsonaro.

Torcida do Corinthians apoia Jean wyllys "Cuspa por nós"

Se existe uma coisa que todo esse processo que a política vem sofrendo é o quebra de paradigmas. A torcida corinthiana apoiou Jean Wyllys que cuspiu em Jair Bolsonaro durante a votação do impeachment. Em um jogo da Gaviões da Fiel, os torcedores ergueram cartazes coloridos que em multidão formou-se a frase 'cuspa por nós', em apoio ao deputado federal.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo