Após ter um áudio vazado, no qual parece certo de que irá assumir a presidência após um ainda incerto impeachment da presidente Dilma Rousseff, Michel Temer pareceu meio apressado em fazer a sua escolha para um dos ministérios. Ele pensou em um nome para assumir o Ministério da Agricultura, e foi mais além, já fez até o convite.

A escolha de Michel Temer, que, de acordo com Valdir Cruz, do site Notícias Paraná, foi "apressada e sem nenhuma sensibilidade Política", foi por Ronaldo Caiado (DEM-GO), atual líder do DEM no Senado.

Soube-se danotícia a respeito do convite feito pelo vice-presidente a Ronaldo Caiado na última sexta-feira (15). Ele já está pensando no possível governo, caso a presidente Dilma Rousseff seja afastada da presidência.

Crise, polêmica e susto pela escolha do possível ministro da Agricultura de um possível governoTemer

A escolha de Michel Temer não teria agradado a muitos e pode ser o início de uma grave crise entre ruralistas, o PSDB e até mesmo dentro da sua sigla, o PMDB.

Os estados que figuram como grandes produtores rurais, como Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, não teriam visto com bons olhos a escolha de Temer. Um dos primeiros a rejeitar a escolha teria sido o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) e adversário do possível ministro. Perillo, na mesma noite (15) foi a Brasília encontrar-se com Temer e ratificar a sua insatisfação pela escolha do vice-presidente.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Michel Temer Política

Este por sua vez, não está sendo bem visto pela bancada federal tucana do estado de Goiás, que está desgostosa com a forma que o vice-presidente está conduzindo as articulações e negociações para a formação de um possível governo, principalmente por ser a queda da presidente algo ainda incerto.

A reação que pode retratar bem e dar uma ideia de como a escolha de Caiado não está passando - e nem vai passar - pela garganta de muitos, é a do senador pelo Paraná, Roberto Requião (PMDB-PR), que, de acordo com a publicação do Notícias Paraná, soltou uma exclamação ao saber do convite de Michel Temer: "Meu Deus!".

A bancada ligada ao agronegócio esperava ter voz na escolha do nome para a pasta da agricultura. Com representação de vários estados, a bancada não aprovou a escolha de Temer, principalmente a do RS.

Ronaldo Caiado em poucas palavras

Foi o fundador e presidente da UDR - União Democrática Ruralista, que na década de 80 teria, supostamente, organizado milícias para evitar as ocupações de terras pelos sem-terra.

Caiado é um dos maiores latifundiários do país e considerado explorador da mão-de-obra de trabalhadores rurais - curiosamente votou contra a PEC do Trabalho Escravo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo