Nesta sexta-feira (6), a comissão que analisa oImpeachment de Dilma, no senado, aprovou o parecer do relator Antonio Anastasia (PSDB-MG), comquinze votos favoráveis e cinco votos contrários.

O senador Raimundo Lira (PMDB-PB), que preside a comissão, não votou, pois não houve empate e o peemedebista só vota no caso de empate.

A decisão será lida no plenário e publicada no Diário Oficial do senado. É provável que a votação deva acontecer quarta-feira (11).

Caso a maioria dos senadores decida pela aceitabilidade do impedimento, Dilma é afastada por 180 dias para preparar sua defesa e Temer assume como presidente interino.

Em cerimônia no Palácio do governo, nesta sexta-feira (6), Dilma voltou a atacar Temer e Cunha, para defender seu mandato e acusar os peemedebistas.

A petista reagiu dizendo que não vai renunciar e que irá lutar com rigor até o fim.

Como fica Michel Temer sendo acusado de ficha suja?

O atual Vice-Presidente da República que poderá assumir o cargo de Presidente da República foi condenado, na última terça-feira (3), pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TER-SP), por ter feito doação a mais do que podia na campanha eleitoral de 2014.

A promotora da Justiça Eleitoral, Claudia Ferreira Mac Dowwell, relatou que Temer não poderá se candidatar a cargos públicos, por, pelo menos, oito anos, pois se tornou “ficha suja”.

Temer foi condenado a pagar uma multa de R$ 80 mil, por doação ilegal, como pessoa física, nas eleições para outro candidato e condenado pela Lei da Inelegibilidade, que foiassinada por Fernando Collor, em 1990, quando ainda era Presidente da República.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula Corrupção

Segundo a lei, o político que fizer doações como pessoa física, em campanhas eleitorais estará em desacordo com a lei e se torna inelegível por oito anos.

A promotora que condenou Michel Temer à Inelegibilidade, explicou que a lei não impede o peemedebista de assumir o cargo de Presidente da República, caso Dilma Rousseff venha a sofrer o impeachment, pois o mandato foi conquistado por ele legitimamente.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo