O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu, no final da noite dessa quinta-feira (19), sua primeira entrevista a imprensa após o afastamento da presidente da República Dilma Rousseff.

Mais uma vez, Lula foi incisivo e polêmico em suas declarações, que foram concedidas com exclusividade a jornalistas estrangeiros.

Perguntado sobre qual a sensação que sentiu no dia do afastamento de Dilma Rousseff, Lula foi direto e resumiu seu sentimento em poucas palavras.

Publicidade
Publicidade

“Aquele foi o dia da indignação”.

Lula disse que sentiu um sentimento de derrota e de frustração no dia do afastamento de Dilma

O ex-presidente relatou aos jornalistas que participou de todos os atos de Dilma em sua despedida da presidência por solidariedade, mas que no fundo estava tomado por um sentimento de derrota e de frustração.

“Parecia que eu estava vendo tudo ruir, tudo parecia desmoronar”.

Ele relatou também que seu desejo era de se afastar e não participar dos acontecimentos daquele dia.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula Política

“Meu desejo era de não estar naquele ato, eu não queria sair nas fotos, porque acredito que tudo o que aconteceu foi uma sangria, para mim, foi quase que um estupro a democracia estabelecida no país, pois não permitiram que a presidente Dilma terminasse o seu mandato”.

Lula disse que afastamento de Dilma foi o fim de um projeto e de um sonho “ao povo pobre”

O ex-presidente explicou também que o afastamento de Dilma foi o fim de um projeto estabelecido e de um sonho voltado a resolver os problemas do “povo pobre”.

Publicidade

“Naquele dia não era apenas uma presidente que estava sendo tirado do poder de forma abrupta, mas era também o fim de um projeto de governo de inclusão social. Um projeto e um sonho que era voltado a resolução dos problemas do povo pobre, pois quando você inclui o pobre no orçamento do país, você deixa de tratá-los apenas como uma estatística ou problema social”.

No final de sua entrevista, Lula disse que ainda existem muitas coisas para acontecer no país e que o povo brasileiro pode esperar que ele e Dilma ainda tem muitas lutas e muitas conquistas pela frente.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo