Em vias de se definir o processo de impeachment de Dilma Rousseff, o presidente interino Michel Temer tem usado da velha e conhecida prática da Política, a barganha. Os senadores “indecisos” tem feito pedidos em geral acerca de cargos, uns chegando à exorbitância de pedir a presidência de Itaipu.

Pedido Ousado

No palácio do Jaburu, residência do interino, é um entra e sai de senadores com votos indefinidos. Segundo o staff de Temer, o pedido mais ousado foi do senador Hélio José (PMDB).

Publicidade
Publicidade

O desejo era de se conseguir 34 cargos, entre os quais destaca-se a presidência de estatais como a usina de Itaipu, BNDS, Correios e FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). O senador foi infeliz em sua empreitada, não conseguiu os postos, mas foi convencido a votar contra Dilma Rousseff.

E o Senador Romário, qual foi a do peixe?

Segundo a senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP), o preço do baixinho foi a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos das Pessoas com Deficiência.

Publicidade

Mas não era só isso o pretendido pelo senador Romário (PSB- RJ). Ele também almejava em Furnas uma diretora, que não conseguiu, ficou só com o primeiro cargo, onde emplacou Rosinha da Adefal, o que deixou Gabrilli consternada, já que a secretaria foi prometida a ela.

Mais cargos e o que dizem os congressistas 

Gustavo Perella está à frente da Secretaria Nacional do futebol e de Defesa dos Direitos do Torcedor graças à influência de seu pai, o senador pelo PTB de Minas Gerais, Zezé Perella. E ademais, a barganha também abrange a busca por apoio nas eleições municipais desse ano. Todos os senadores negam terem “vendido” seus votos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula Michel Temer

A oposição o que diz?

Para a oposição, toda essa movimentação política não passa de compra de votos escancaradamente, às vistas do povo, é um balcão de negócios. O que chama a atenção é que todos o trâmites do processo de Impeachment parecem cortina de fumaça e se resolvem bem longe do Senado, talvez  nas redondezas. Curiosamente, as manifestações anticorrupção sumiram e as panelas pararam de ser batidas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo