Gravada no último domingo (5), a entrevista exclusiva realizada pelo jornalista Luis Nassif com a presidente afastada Dilma Rousseff vai ao ar nesta quinta-feira(9) às 22h00 pela TV Brasil em parceria com a Rede Minas. Em seu site, a emissora diz que a entrevista se insere em um esforço para produzir um jornalismo plural e com equilíbrio editoral.

A entrevista com Dilma Rousseff é a primeira de uma série com quatro com personalidades da Política brasileira.

Entre os convidadossolicitados estão opresidente interino, Michel Temer, o presidente do senado, Renan Calheiros, e o presidente do Superior Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski.

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) se tornou alvo de uma disputa política entre a equipe de Dilma e de Michel Temer. O presidente interino fez uma intervençãobrusca na política de comunicação do governo, incluindo corte de gastos, redução de orçamento de publicidade e o fim de contratação de veículos limitados à divulgação de textos opinativos, como os blogs mais alinhados ao governo Dilma e de oposição.

Foi suspensa também a parceria entre a EBC e a Rede Brasil Atual, que coproduzia e retransmitia umrádio jornal diário, apresentado pelo jornalista Sidney Resende, que também teve seu contrato rescindido. Além disso, foram suspensosos contratos dos jornalistas Paulo Moreira Leite e Tereza Crunivel.

O jornalista Ricardo Melo foi exonerado de sua função de diretor presidente da estatal, por meio de um decreto assinado por Michel Temer e publicado no Diário Oficial da União no dia (17/5), apenas duas semanas depois após ter sido nomeado pela então presidente Dilma Rousseff.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Política PT

Temer nomeou então o jornalista LaerteRimoli.

Ricardo Melo ajuizou no mesmo dia (17) um mandado de segurança no STF argumentando que o estatuto da EBC assegura mandato de quatro anos ao presidente da empresa, que termina em 2020. Diante do argumento, Tofolli concedeu liminar no dia (2/6) com validade até o Supremo julgar definitivamente o caso.

A TV Brasil pode ser sintonizada nas principais operadoras: Sky, Oi TV, Vivo TV, Claro TV, GVT, NET, nos canais abertos de vários estados, parabólica e também pela web, no site da emissora.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo