O Ministério Público de São Paulo abriu mais uma denúncia contra o ex-presidente Lula, que é acusado de fazer parte da Operação Custo Brasil, que integra a Lava Jato, investigando o pagamento de propina entre os anos de 2010 e 2015. Provas afirmam que Lula sabia do esquema.

O ex-presidente já foi alvo da investigação sobre o verdadeiro proprietário do triplex localizado em Guarujá (SP) no edifício Solaris. A Polícia Federal e a Justiça estadual de São Paulo aceitaram a denúncia.

Segundo a advogada Patrícia Vanzolini, a Justiça tem que cumprir a lei e tratar o caso com mais dureza e severidade pela própria pressão da sociedade.

Patrícia Vanzolini aponta que crimes como lavagem de dinheiro e falsidade ideológica na modalidade de ocultação de patrimônio, a pena mínima seria de 4 a 13 anos de prisão em regime fechado. Mesmo por ser o ex-presidente, Lula não teria nenhuma regalia. O crime de lavagem de dinheiro pode ser render de 3 a 10 anos de prisão, enquanto o de falsidade, pena de 1 a 3 anos.

Lula também é acusado de usar posição privilegiada no PT para que a construtora Odebrecht (a mesma envolvida no esquema Lava Jato) obtivesse contratos com governos como o cubano, da República Dominicana, e na África, como Angola e em Gana.

Lula fez o esquema pessoalmente entre governos e a empresa para ter privilégio perante toda concorrência.

O ex-presidente fez a estratégia com o projeto de revitalização do porto de Mariel, em Cuba. Foram financiados do bando BNDS, segundo a revista Época, mais de 1 bilhão de dólares, com juros bem mais baixo que no mercado de hoje no Brasil para qualquer empresa.

Um projeto como esse poderia ser financiado pelo BNDS, mas somente se o Brasil tivesse benefícios após conclusões. A revitalização do porto de Mariel, em Cuba, nunca trará benefícios econômicos para o Brasil, já que o nível de comércio entre Cuba e Brasil nunca foi grande a esse ponto.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Lula Corrupção

Os indícios são de que a construtora Odebrecht e governos estrangeiros financiados pelo BNDS não têm nada a ver com o Brasil, e a Odebrecht ganhou do BNDS muito mais do que custou a obra. Lula pode ser preso, se todos esses fatos forem provados.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo