O ministro do Supremo Tribunal Federal e relator da Lava Jato, Teori Zavascki, possui em suas mãos informações consideráveis que podem movimentar Brasília e causar transtornos para políticos envolvidos na Operação. Podemos dizer que Teori tem uma "bomba" em sua mesa e ele é o responsável porexplodi-la ou desarmá-la. O Ministério Público Federal pediu para que o ministro seja rigoroso e adote medidas duríssimas contra esses políticos envolvidos em Corrupção.

Os alvos dessas investigações bombásticas são: Renan Calheiros, Presidente do Senado, o ex-presidente José Sarney e o ministro afastado no governo Temer, senador Romero Jucá, ambos atingidos pela delação do empresário Sérgio Machado. Eduardo Cunha, mesmo não sendo citado na delação de Machado, também é alvo do Supremo, pois Rodrigo Janot, Procurador-Geral da República, fez questão de incluí-lo nas medidas específicas que Teori pode deferir contra os corruptos. A ação deTeori Zavascki pode causarum grande estrago no sistemapolítico comparado a uma "explosão nuclear".

Lava Jato

Aníbal Gomes, deputado federal, é mais um envolvido na Lava Jato. O deputado é um dos principais aliados de Renan Calheiros. Ele foi indiciado pela Polícia Federal em decorrências de provas colhidas nas investigações de dados referentes ao afastamento do sigilo bancário e fiscal. Já são, ao todo, catorze inquéritos da Lava Jato que tramitam nos tribunais superiores.

STF

O Supremo Tribunal Federal decidiu suspender o processo contra o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lava Jato Corrupção

Essa decisão do ministro Celso de Mello paralisa o trâmite da ação, evitando que o governador seja afastado do cargo. A denúncia veio da Procuradoria-Geral da República, que acusou o governador de crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. De acordo com a Procuradoria-Geral da República, Pimentel recebeu R$ 2 milhões de reais em propina quando foi ministro do Desenvolvimento no governo de Dilma Rousseff.

A empresa que repassou a propina é a montadora de veículos "Caoa"

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo