É inegável a influência política do Pastor Silas Malafaia entre os evangélicos.Seja na TV, na internet ou através de suas palestras e conferências, Malafaia sempre reserva um espaço para fomentar seus interesses políticos e, sobretudo, influenciar sua audiência.

Recentemente, Malafaia usou seu programa na Rede TV, e também o seu canal no Youtube, para fazer o que ele chama de "alerta" aos evangélicos.

Ele citou alguns partidos de esquerda e extrema esquerda, e pediu que os evangélicos votem em seus respectivos candidatos.

Confira a Lista:

PT - Partido dos Trabalhadores

PSOL - Partido Socialismo e Liberdade

Rede de Sustentabilidade

PCdoB - Partido Comunista do Brasil

PV - Partido Verde

O argumento usado por ele é que esses candidatos nunca defenderam os interesses das famílias cristãs, antes, defendem tudo aquilo que o próprio Silas e a bancada evangélica na Câmara dos Deputados criticam, como: a erotização de crianças nas escolas através da Ideologia de gênero, casamento gay, aborto, entre outros itens contrários aos interesses cristãos.

No vídeo, ele duramente os chama de sínicos e covardes.

O alerta de Silas trás uma imediata preocupação aos partidos, já que todos sabem do poder de influencia que tem o pastor.

Oque isso muda?

É visível o interesse dos candidatosde desvincular sua imagem dos seus respectivos partidos, nas eleições anteriores, era extremamente comum que os candidatos do PT, por exemplo, destacassem a estrela vermelha do partidos nos santinhos, cartazes, vídeos e em tudo que pudessem usar para mostrar que eram do PT, bem como o PSOL ou qualquer outro partido de esquerda, seus candidatos militante queriam deixar bastante claro a bandeira que defendiam.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Política

Hoje, depois de escândalos e até mesmo depois de "alertas" como os de Silas Malafaia, os candidatos abriram mão dos escudos e cores partidárias, o vermelho tão popular entre os petistas, quase não aparece mais nos seus materiais de campanha.

Isso é fruto de um forte desgaste político a que os partidos tem se submetido, e "listas negras", como a que foi listada acima, tem atraído cada vez mais simpatizantes.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo