A morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (#STF) #Teori Zavascki, na última quinta-feira (19), não foi acidente. É no que acreditam 83% dos entrevistados em #pesquisa realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas.

Teori Zavascki morreu depois que o avião em que ele e outras quatro pessoas caiu a quatro quilômetros do aeroporto de Paraty, no estado do Rio de Janeiro, durante a tarde. O avião havia saído do Campo de Marte, em São Paulo, por volta das 14h01 e tinha previsão de chegada à cidade fluminense às 14h30.

A pesquisa foi realizada via questionário online entre os dias 19 e 20 de janeiro. O Instituto Paraná Pesquisas não informou a quantidade de pessoas que responderam.

Para 83%, a morte do ministro não foi acidente. Outros 15% acreditam que o que aconteceu foi, sim, acidente. O restante, 1,3%, não soube ou não quis responder a pesquisa.

Operação Lava Jato

Um dos principais motivos para as teorias de conspiração que surgiram desde que a morte do ministro do STF foi confirmada é o fato de ele ser relator da Operação Lava Jato no Supremo.

A Lava Jato tem sido o terror de muitos políticos brasileiros citados em diversos escândalos. Teori estava prestes a homologar a deleção premiada de ex-executivos da Odebrecht.

“Ele demonstrou bastante preocupação com o que vinha. Ele realmente estava muito preocupado com o que tinha para acontecer. Ele teve acesso a informações que tinham deixado ele bastante preocupado com o futuro das coisas”, disse o filho do ministro, Francisco Prehn Zavascki, ao portal G1.

Os melhores vídeos do dia

Sobre as teorias da conspiração que surgiram, Francisco afirmou que não gostaria de ser órfão de um pai assassinado e classificou como leviana qualquer conclusão no momento. “Eu torço para que tenha sido uma fatalidade”, garantiu.

A população brasileira espera que as investigações sejam feitas sem nenhuma interferência.

Novo ministro

Pelas regras, o novo relator será indicado pelo atual presidente Michel Temer. O medo da população brasileira é que Temer indique algum ministro chapa branca, que trabalhe em prol do governo.