O juiz federal Sérgio Moro [VIDEO] é um dos nomes da Justiça mais em voga no momento. Ele é responsável pelos julgamentos em primeira instância referentes à Lava Jato. A operação, que está há mais de três anos em andamento, chega agora à uma das fases mais esperadas e também mais misteriosas, como mostra uma reportagem assinada pela jornalista Mônica Bergamo, do jornal ‘’Folha de S.Paulo’’.

O sistema MyWebDay é o famoso ‘’Arquivo-bomba’’ de uma das maiores empreiteiras do país e o que está nele pode acabar mudando os rumos da investigação sobre corrupção no país.

Misterioso 'Arquivo-bomba' chega às mãos de Sérgio Moro e revelaria novos nomes corruptos

O material em questão é tão grande que precisou ser dividido em cinco discos rígidos de computadores.

Eles foram entregues pelo procurador Deltan Dallagnol.

O representante da Justiça também teria por segurança uma cópia do material, que esconderia possíveis nomes corruptos que estiveram envolvidos no escândalo de corrupção entre a empreiteira e o governo federal.

Sérgio Moro pede com urgência 'Arquivo-bomba' de empreiteira para analisar

Todo o conteúdo mostra movimentações financeiras da empresa. Os discos rígidos originais dessa informação saíram de um servidor na Suíça, país conhecido por ser uma facilitador fiscal.

Até então, o conteúdo era visto como indevassável, mas agora deve ser colhido e analisado friamente pelos representantes da Justiça, o que por si só já causa um temor no mundo político.

Polêmico 'Arquivo-bomba' apenas teria chegado agora no Ministério Público

Assim que ficou sabendo que o material estava nas mãos do Ministério Público, o juiz Sérgio Moro solicitou com urgência que o material chegasse as suas mãos.

A demora na entrega, segundo o MP, não teria acontecido por parte da entidade, que teria recebido apenas agora os documentos em questão.

Juiz federal Sérgio Moro condena Lula à prisão, mas petista pode recorrer em liberdade

Uma das decisões de Moro que marcou o país e gerou grande repercussão foi a que envolveu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT).

Ele condenou o petista à prisão, mas deu o direito ao companheiro político de Dilma Rousseff de ser defender em liberdade.

É verdade que Sérgio Moro recebe mais de R$ 100 mil por mês?

Outra problemática que envolveu o nome de Moro foi o seu salário como juiz. Em dezembro do ano passado, ele recebeu mais de R$ 100 mil, mas esses valores já tinham acopladas as vantagens pecuniárias do cargo e não só o salário dele, que é de R$ 28 mil.