O Partido dos Trabalhadores (PT) e a Rede Globo de Televisão, que já não se entendem há anos, arranjaram mais um grande motivo para continuarem com as birras de sempre. Isso porque o que parecia ser uma esperança para a legenda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva acabou se tornando uma tormenta, como mostra o site 'RD1'. O ator Fábio Assunção anunciou recentemente que se filiaria ao partido de Dilma Rousseff. [VIDEO] Ele até pode fazer isso, mas recebeu um veto importante da Globo, que "cortou suas asinhas".

Fábio Assunção é proibido pela Globo de fazer propaganda para o partido de Lula

Fábio bem que está tentando dar uma ajuda para um dos maiores partidos do país, mas isso não tem sido fácil.

Isso porque Assunção foi proibido de fazer campanhas políticas durante o período eleitoral para o PT. Essa é uma política que já existe dentro da Globo, após muitas polêmicas com atores, como quando Regina Duarte disse ter "medo" de Lula em um famoso comercial político.

Fábio Assunção se filia ao PT, mas não pode atrelar sua imagem ao ex-presidente Lula

Com isso, Assunção não poderá fazer o que José de Abreu já fez, como encabeçar a apresentação dos programas eleitorais. O ator, que está na série 'A Fórmula', também não pode gravar vídeos apoiando Lula ou qualquer outro candidato do seu partido, tudo para evitar problemas sérios com o estafe da Globo. Lembrando que o ator já se envolveu em diversas polêmicas, como aparecer bêbado em um evento no Nordeste. Fábio também está preocupando a Globo por conta de estar escalado para a próxima novela das onze.

O medo é que ele tenha alguma espécie de recaída.

Lula ataca Globo e diz que William Bonner ainda vai ter que pedir perdão a ele

Recentemente, em um evento público, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva atacou a Globo. Ele diz que o canal apenas faz reportagens negativas sobre ele, pois sabe que, quando ele chegar à presidência pela terceira vez, vai regulamentar a mídia e, por isso, o canal não poderia fazer o que bem entende. O parceiro político de Dilma Rousseff também disse que o apresentador do 'Jornal Nacional', William Bonner, teria que pedir perdão a ele.

Luciano Huck causa polêmica com possível candidatura à presidência

Recentemente, Luciano Huck também movimentou o cenário político, após o seu nome ser colocado como um possível candidato à presidência. Ele negou que tenha essa vontade no momento, mas confirmou que continuaria a discutir temas polêmicos.