Com o crescimento nas pesquisas de intenção de votos, Jair Bolsonaro (PSC-RJ) passou a ser alvo de ataques de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) [VIDEO]. Desta vez, o petista atacou o deputado federal em entrevista ao crítico de cinema Pablo Vilhaça, na TV Educativa (TVE) da Bahia.

Lula está em caravana pelo nordeste, única região do país em que o ex-presidente continua recebendo grande apoio. Nas outras quatro regiões, o apoio ao petista diminuiu bastante.

Grotesco

Na conversa exibida neste domingo (27), Lula afirmou que Bolsonaro, sem citar o nome do concorrente porque, segundo ele, em política não se cita o nome de adversário, é resultado analfabetismo político no Brasil.

Lula disse ainda que Bolsonaro é um político grotesco, agressivo, que ofende mulheres e negros. “Não tem o mínimo de respeito com as pessoas”, enfatizou o homem que presidiu o Brasil entre 2003 e 2010.

Pesquisas

Desde que anunciou o desejo de ser candidato à Presidência da República, pouco depois do pleito de 2014, Bolsonaro só cresce nas pesquisas. Nos últimos levantamentos feitos por diversos institutos de pesquisas, o parlamentar assumiu a segunda posição isolada, atrás somente de Lula.

A disputa entre os dois promete ser acirrada até 2018, mas Lula corre o risco de ficar inelegível caso seja condenado em segunda instância no caso do tríplex do Guarajá. O petista foi condenado pelo juiz federal Sergio Moro, em primeira instância, a nove anos e seis meses de prisão.

Adversários de Bolsonaro também torcem por uma condenação dele no Superior Tribunal Federal no caso em que disse que a deputada federal petista Maria do Rosário não merecia ser estuprada por ser feia.

Veja detalhes aqui [VIDEO].

Lula, que era praticamente um nome certo, passou a ser ameaçado por Bolsonaro, que apesar de estar abaixo nas pesquisas, tem rejeição menor e isso é fundamental em um hipotético segundo turno.

Apoio

Bolsonaro postou este trecho da entrevista de Lula em sua página oficial no Facebook e recebeu o apoio de seus seguidores, que atacaram o ex-presidente.

“Se o Lula falou isto, é sinal de que o Bolsonaro é uma excelente opção”, comentou um internauta. “Quer dizer que só ele sabe de tudo? Que resultado ele deixou? Quase 14 milhões de desempregados”, criticou outro.

“Bolsonaro é homofóbico, machista e odeia os pobres. Disse o ex-presidente que chamou Pelotas de cidade exportadora de viado, mulher de grelo duro, nordestina de burra e elogiou (Adolf) Hitler. Quase não é hipócrita essa esquerda”, recordou outro seguidor do deputado federal.