O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não tem ''papas na língua''. Suas palavras são sempre captadas e observadas por todos que o observam e ele sabe muito bem disso. Nesta quinta-feira (17) não foi diferente.

O petista, que segue disparado como principal intenção de votos e que iniciou sua caravana batizada de "Caravana da Esperança", se comparou, simplesmente, aos dois dos maiores astros do futebol mundial, Leonel Messi e Cristiano Ronaldo.

As palavras foram dirigidas como forma de combate aos seus adversários, entre eles o prefeito de São Paulo, João Doria.

Segundo Lula, João Doria estaria fazendo um papel de ator: "O papel dele (João Doria) é o seguinte: eu vou atacar o Messi ou Mascherano no Barcelona? Vai no Messi! Vou atacar o Sergio Ramos ou Cristiano Ronaldo no Real Madrid? Ele pega a pesquisa, e é isso que deixa essas pessoas loucas'', disse Lula, em alto e bom som.

Publicidade
Publicidade

Lula versus João Doria: uma guerra sem fim

Com relação às acusações ferrenhas de seus adversários políticos, Lula foi enfático ao dizer: ''Estou apanhando que nem cachorro vira-latas. Quando esses caras têm uma pesquisa, eu estou na frente na espontânea (...) ganho no primeiro, ganho segundo turno, ganho de todos juntos".

Na entrevista concedida à Rádio Metrópole (em Salvador), Lula apontou que a trajetória de João Doria ainda é pequena e o classificou como ''inexperiente'' e que precisa provar seu potencial.

Publicidade

Desde o início de sua campanha, João Doria adotou um lema diferencial: ''não faço política, faço gestão.''

Levando ainda mais para o lado pessoal, o ex-presidente Lula prosseguiu, ao dizer: "Esse homem saiu do nada para ser presidente da Embratur, depois teve um programa de TV, não sei qual canal porque não assistia, e virou um empresário''. E completou: ''uma coisa é dizer 'sou gestor de uma empresa', outra... é gerir uma cidade, um país".

Lula ainda pretende levar sua caravana a cerca de nove estados do Nordeste, 25 cidades ao todo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula

O ex-presidente tem o apoio de sua sigla, além de celebridades brasileiras. Mas, Lula tem propagado mensagens que soaram muito pesadas e, por isso, só fazem aumentar comentários negativos sobre ele.

Nervos à flor da pele

Conforme publicado aqui, recentemente Lula ficou com ''os nervos à flor da pele'', ao demonstrar seu descontentamento com relação à imprensa. Ele pretende, inclusive, criar uma regulamentação da mídia. Lula vem criticando severamente a mídia, principalmente a Rede Globo de Televisão.

O jornalista-âncora do Jornal Nacional, William Bonner, chegou a ser ameaçado.

Lula e seus advogados protocolaram, nesta semana, o pedido de suspensão de seu interrogatório, que está marcado para o dia 13 de setembro, onde Lula ficaria mais uma vez frente a frente com Sérgio Moro.

Enquanto isso, surge uma pergunta: caso não seja realmente preso, poderíamos assistir à mais debatida e televisionada eleição presidencial de todos os tempos?

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo