A deputada Maria do Rosário (PT [VIDEO]-RS) irá depor no Supremo Tribunal Federal (STF) por conta do processo que move contra o deputado Jair Bolsonro [VIDEO] (PSC-RJ). A audiência foi marcada pelo ministro Luiz Fux para o próximo dia 23 de agosto. bolsonaro é réu no STF desde o ano passado acusado de injúria em processo movido pela petista e incitação ao estupro em outra ação de autoria do Ministério Público.

Seguindo as normas do processo, inicialmente, o ministro relator Luiz Fux irá ouvir a vítima, a deputada Maria do Rosário, para obter o maior número de informações possíveis sobre a denúncia. Posteriormente, o réu, deputado Jair Bolsonaro, será ouvido pelo ministro.

Essa ação no Supremo Tribunal Federal não é a única que Bolsonaro responde pelas ofensas contra a deputada. Na próxima terça-feira (15), o Superior Tribunal de Justiça (STJ) irá julgar outra ação civil. Além disso, em setembro do ano passado, o deputado pelo Rio de Janeiro foi condenado a pagar uma indenização no valor de R$ 10 mil pelas ofensas à deputado.

Jair Messias Bolsonaro é o campeão de denúncias nos órgãos da Câmara dos Deputados responsáveis por apurar a conduta dos parlamentares. O deputado já fez ofensas de diversos gêneros a deputadas, a ex-presidente Dilma, exaltou um torturador e defendeu o fuzilamento do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, porém, nunca foi condenado a cassação.