Quem viu o sucesso das irmãs nos anos 1990 e sua queda não esperava essa nova polêmica. Pepê (Potiara da Silva Oliveira) e Neném (Potiguara da Silva Oliveira), de 45 anos, são as irmãs gêmeas que mais fizeram as pessoas dançarem em 1999 com seus sucessos. Entre eles, a música Mania de Você, que rendeu o Disco de Ouro à dupla.

Relembre o sucesso Mania de Você:

Afastadas a algum tempo do mainstream da música brasileira, desde que foram enganadas por um antigo empresário, as irmãs têm sempre gerado o que falar. Após se assumirem homossexuais e mudaram o visual radicalmente fizeram algumas participações em programas de TV procurando recuperar a fama perdida.

Atualmente, Pepê e Neném são casadas, mães e eram tidas como um símbolo do público LGBT, mas tudo isso veio abaixo quando a dupla divulgou publicamente apoio ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), pré-candidato à Presidência da República em 2018.

As irmãs, que já foram clicadas beijando suas esposas, criticaram a demonstração de afeto homossexual em público. A reação de revolta nas redes sociais foi imediata, pois a comunidade LGBT ficou chocada com a declaração delas.

Conhecido por sua postura conservadora, Jair Bolsonaro, prega ideias tidas como homofóbicas pela comunidade LGBT. Ele é visto como inimigo das causas gays. Devido a essa postura, não era esperado que as irmãs apoiassem as ideias dele em um vídeo que viralizou nas redes sociais.

No vídeo que bombou na rede, Pepê e Neném fazem críticas a todos os gays que dão beijo em público e defendem que as demonstrações de afeto só podem ser feitas entre quatro paredes.

Os melhores vídeos do dia

As irmãs parecem se esquecer que já foram clicadas em momentos de intimidade com suas esposas e que, por serem em locais públicos, já foram vistas por várias pessoas.

Como se o vídeo já não fosse o suficiente para causar a indignação das minorias gays, a dupla de cantoras diz que apoiam Bolsonaro nas eleições de 2018. Elas garantem que irão votar no deputado federal.

Uma chuva de comentários as chamando de homofóbicas tomou o Facebook da dupla e nas demais redes sociais. Na página oficial de Jair Bolsonaro no Facebook, o vídeo foi postado também.

Dupla de irmãs gays Pepê e Neném vota em Bolsonaro e são chamadas até de homofóbicas

Os apoiadores e fãs do deputado, que o chamam de Bolsamito, fizeram grandes elogios as cantoras e falaram que isso era uma demonstração que o parlamentar não era homofóbico e racista, como seus oponentes o costumam acusar.

O vídeo já possui milhões de visualizações. Em tom irônico, o deputado mandou um recado aos seus adversários públicos. Ele disse que por essa a esquerda não espera, pois duas mulheres negras e gays o estavam apoiando.

"Acabou com todos os argumentos sobre homofobia e racismo", disse Bolsonaro.

Causar polêmicas nas redes sociais sempre foi o forte de Jair Bolsonaro, tanto que é o candidato mais popular entre os jovens. Mas o que ninguém esperava era que Pepê e Neném compartilhassem as mesmas opiniões que o deputado.

Confira o vídeo polêmico:

Deixe seu comentário.