O juiz federal Sérgio Moro vai deixar o Brasil. [VIDEO] A informação foi dada com destaque pela revista Época. Responsável pelo julgamento em primeira instância da Operação Lava Jato, Moro é o calcanhar de Aquiles de personagens políticos como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT), e do ex-deputado federal Eduardo Cunha, do PMDB.

A notícia foi conseguida em primeira mão pelo jornalista Murilo Ramos, que assina a coluna ‘’Expresso’’, e, rapidamente, acabou repercutindo como pólvora na internet. Até o momento, o juiz não confirma ou nega a informação.

Sérgio Moro deve largar Operação Lava Jato para morar no exterior

Sérgio Moro, é claro, não é o único responsável pela Operação Lava Jato, mas a investigação ficou conhecida em todo o Brasil justamente por ele.

Moro deve deixar o Brasil entre os anos de 2019 e 2020. Considerando que a investigação parece não ter fim, ele deve passar a bola dessa apuração judicial para outro colega. Morando no exterior, ele deve estudar.

Sérgio Moro pode trocar o Brasil pela universidade de Harvard, nos Estados Unidos

O nome de Sérgio Moro é respeitado em todo o mundo. Ele chegou, no ano passado, a ser eleita uma das 100 personalidades mais influentes do planeta. Fontes ligadas ao meio universitário do Paraná, onde Sérgio Moro mora, revelam que ele recebeu muitos convites para estudar e até dar aulas fora do país.

Um dos convites partiu de uma universidade italiana. Outro veio de nada menos do que Harvard, considerada a melhor universidade dos Estados Unidos. Impressiona o fato dessas faculdades querer Moro como professor.

Mudança para o exterior acaba com suposto plano de Sérgio Moro em ser presidente

Além dos seus conhecimentos de direito, o magistrado é visto como um homem íntegro e isso é muito bom para a formação de advogados e juízes, algo que não faz mal a ninguém em lugar nenhum do mundo. Problemas como corrupção não são uma máxima apenas do Brasil.

Italianos e americanos estariam interessados em entender como se deu a maior operação de caça à corrupção da história do Brasil. Alguns não entendem como um juiz ganhou tanta importância no país, sendo até cogitado para ser presidente do país.

Aliás, a informação sobre a saída de Sérgio Moro do Brasil coloca em xeque o dado revelado por muitos meios de comunicação que garantiam que o juiz seria um provável candidato às eleições do ano que vem, lutando contra Lula e até o deputado federal Jair Bolsonaro, da direita.