O apresentador Luciano Huck, da Rede Globo, está enveredando para o mundo da política. O apresentador, que é conhecido em todo Brasil pelo seu carisma e pelos quadros que seu programa tem, está agora buscando destaque e foco em um segmento que aparentemente ele nunca pensou ou andou, a política.

Na quinta-feira passada, caciques do partido democratas, como o Ministro da Educação, Mendonça Filho, e ACM Neto, estiveram reunidos com o apresentador. O motivo? Discutir sua filiação ao partido e a possibilidade de viabilizar sua candidatura para as eleições majoritárias de 2018, para o cargo de presidente da República.

A reunião aconteceu no mesmo dia em que outros poderosos do Democratas estavam reunidos com o atual prefeito da capital paulista, João Doria.

Alguns integrantes do partido informaram que a tentativa é clara de viabilizar Luciano Huck para concorrer as eleições, mas nada está fechado com relação a isso.

Questionado sobre a reunião, o apresentador disse que realmente esteve com lideranças do partido, mas que não houve nenhuma conversa sobre sua filiação à sigla.

Falando em sigla, o Democratas irá anunciar em meados do mês de abril sua refundação. O partido passará a chamar Mude, Centro ou Centro Democrático. São essas umas das alternativas. Além da mudança do nome o partido irá apresentar seu novo manifesto, consolidando todas as propostas do partido. Com a mudança o Democratas busca angariar novos nomes para as eleições, tendo em vista a crescente necessidade de novas figuras e o anseio crescente do partido de aumentar seus candidatos a cargos majoritários.

Hoje, o DEM tem na manga duas prováveis candidaturas, que não levam tanta força por falta de interesse dos próprios postulantes. Rodrigo Maia e ACM Neto.

Os melhores vídeos do dia

O primeiro deixa claro que pretende concorrer à reeleição na câmara dos deputados e ACM Neto tem a clara intenção de concorrer ao governo do Estado da Bahia, deixando a cadeira de prefeito de Salvador. Alguns apostam na candidatura de Huck como vice em uma chapa que tenha um presidenciável forte e competitivo.

É claro que o sonho da sigla é convencer o prefeito paulistano, João Doria para filiar-se ao partido e assim garantir muitos votos e quem sabe ganhar as eleições. Para alguns, o sonho perfeito seria a aceitação de João Doria em deixar o PSDB e se filiar ao Democratas e Luciano Huck entrar na chapa como vice presidente de Doria.

Resta saber como será as cenas do próximo capítulo.