Uma das mais tradicionais e famosas apresentadoras [VIDEO] de telejornais do país resolveu se manifestar em relação à grave situação de Corrupção que permeia a realidade brasileira, principalmente em se tratando do cenário político para as Eleições presidenciais do próximo ano. Trata-se da ex-apresentadora e âncora Valéria Monteiro, que comandou durante vários anos o Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão.

Vale ressaltar que o telejornal é considerado o mais popular e de maior audiência da televisão brasileira até os dias de hoje. A jornalista Valéria Monteiro está longe das telinhas da TV desde meados do ano de 2014, quando apresentava um programa especial no canal pago Viva, que pertence às Organizações Globo.

Hoje com 52 anos de idade, a ex-âncora do Jornal Nacional, fez o anúncio que poderá se candidatar à Presidência da República nas eleições de 2018.

Forte ativismo político

A jornalista Valéria Monteiro, que foi a primeira mulher a assumir a bancada do mais famoso telejornal da Rede Globo de Televisão, foi contundente em demonstrar suas pretensões para 2018. O objetivo é iniciar sua campanha eleitoral de modo independente, como uma ativista política.

Porém, ressaltou que já tem conversado com alguns partidos políticos, embora ainda seja muito cedo para falar sobre "bandeiras". A ex-apresentadora foi enfática ao afirmar que está procurando um partido que possa lhe proporcionar uma plataforma para concorrer à Presidência, em 2018, já que quer se candidatar como ativista política.

Valéria Monteiro assegurou, no entanto, que teria até pelo menos até o final do ano para encontrar uma plataforma adequada e que poderia se filiar até o mês de abril.

A jornalista ressaltou ainda que, por enquanto, possui uma pré-candidatura considerada independente e que busca apoio popular, antes de tudo.

Uma das principais preocupações demonstradas pela jornalista, refere-se à atual crise política no Brasil. Valéria Monteiro se expressou sobre esse assunto, ao comentar que estaria muito preocupado com o resultado ocasionado entre a soma da corrupção sistêmica e o desinteresse dos governantes por aqueles a quem deveriam representar.

Já em relação ao atual governo do presidente Michel Temer, a ex-âncora considera que, embora o mandatário do país possa não ter atuado no sentido de que tenha dado um golpe para chegar ao cargo de presidente da República, estaria mesmo assim, governando sem legitimidade, de acordo com as palavras da jornalista.

Além de ter trabalhado no Jornal Nacional, Valéria Monteiro também se destacou em outros telejornais da TV Globo, como a revista eletrônica Fantástico, além dos telejornais Jornal Hoje e RJTV.