Ronaldinho Gaúcho é um ex-jogador de futebol que tem muita popularidade entre os jovens brasileiros, pois muitos o consideram como um dos maiores jogadores de todos os tempos, e com fama internacional e sendo uma grande estrela brasileira em destaque na mídia entre os anos de 2005 e 2006, quando viveu o seu auge, deve aproveitar esta fama para entrar na política.

Ronaldinho Gaúcho despertou o interesse do Partido Republicano Brasileiro do Distrito Federal (PRB-DF) para se tornar um possível candidato em 2018.

Para qual cargo?

Assim como Romário, Ronaldinho Gaúcho tentará o mesmo feito de se tornar senador federal da República, porém, o baixinho foi deputado federal antes de ocupar este cargo tão disputado entre políticos muito populares, o mesmo conseguiu se eleger pelo Rio de Janeiro, e a estratégia do PRB [VIDEO] será diferente.

Como no Distrito Federal a população é menor, será mais fácil para fazer uma campanha rápida e com a popularidade alta do jogadr. Com poucas opções boas dentro do estado, o partido aposta que Ronaldinho será um dos dois eleitos para trabalhar no Senado Federal.

O projeto foi uma proposta do partido para o jogador entrar na política. O objetivo do PRB é ter um representante no Senado Federal e constituir uma base mais forte para a legenda conseguir cada vez mais espaço na política brasileira, e ter um senador é um dos passos mais importantes para o partido ascender na política nacional. Mesmo que Ronaldinho não seja político, o mesmo seria uma figura importante que usaria de sua popularidade para fortalecer a legenda, e seu governo evidentemente seria guiado pelos comandantes do Partido Republicano Brasileiro.

Especula-se que foi feita uma proposta maior do que um salário de senador ao jogador, até porque o mesmo já tem uma boa renda com seus trabalhos que vieram do fruto de seu futebol, por isso que os ganhos do ex-jogador serão de acordo fechado entre o astro a cúpula da legenda.

Ronaldinho é ex-jogador do Atlético-MG, Flamengo, Grêmio e mais uma série de clubes europeus e do exterior nos quais atuou durante a sua carreira. Foi campeão mundial pela seleção brasileira em 2002, lado de Ronaldo Fenômeno e Rivaldo, sendo também Melhor do Mundo duas vezes (2005 e 2006) [VIDEO], hoje em dia não atua em nenhuma equipe e nunca anunciou sua aposentadoria definitivamente, porém, se realmente se candidatar em 2018, a sua volta para o futebol será totalmente descartada.