Paulo Maluf é um dos políticos mais polêmicos do país. No entanto, Paulo acabou passando por momentos difíceis na noite deste sábado (2). Um homem foi detido, após fazer algo muito grande, que acabou deixando muita gente apavoradoa O meliante, que não teve o nome identificado, invadiu a casa do deputado federal Paulo Maluf. Essa é apenas uma das residências do político e fica localizada em Campos do Jordão, no estado de São Paulo.

Paulo Maluf é alvo de invasão à sua casa, na cidade de Campos de Jordão

Segundo informações da polícia, que apurou o caso e deu informações para o portal de notícias G1, em uma matéria publicada neste domingo (3), o homem teria pulado o portão da entrada da propriedade.

Não se sabe qual era o objetivo do bandido e se ele queria algo com o deputado federal, conhecido pelas polêmicas que protagoniza.

Homem viaja e invade casa do deputado federal Paulo Maluf

Alguns dados vinculados ao caso são bastante curiosos. Um deles é que o homem saiu da cidade de Piracicaba, no estado de São Paulo, apenas para ir até o local. O homem, no entanto, negou que estivesse atrás de Paulo Maluf. Ele estava completamente embriagado e disse para os seguranças que, na verdade, apenas estava procurando os seus amigos, que estaria em uma festa de casamento.

Paulo Maluf não estava em casa, quando essa foi invadida por homem bêbado

A polícia registrou uma ocorrência de invasão de domicílio do deputado federal e, segundo as informações da instituição, o homem foi liberado. Maluf e a família não estavam na casa quando tudo aconteceu.

O político não comentou tudo o que aconteceu, mas muitos dos seus eleitores deram o que falar na internet, tecendo alguns comentários polêmicos.

Joesley Batista chama Michel Temer de 'ladrão-geral da República' e pede respeito com sua delação

A invasão da casa do político aconteceu em um fim de semana movimentado para a política brasileira. O presidente Michel Temer fez críticas ao empresário Joesley Batista e a uma suposta brecha da lei dada a ele, que continua solto, mesmo após a sua polêmica delação premiada.

Joesley, por sua vez, garantiu que tinha direito de falar o que tinha provas e que Michel Temer seria o "ladrão-geral da República". Ele pediu respeito aos que o criticam. O dono da Friboi, que é casado com a apresentadora Ticiana Villas Boas, ainda revelou que Temer não teria provas para se defender e que, por isso, estaria promovendo ataques.