O deputado federal e pré-candidato à ´presidência da República, Jair Bolsonaro (PSC-RJ), pode comemorar o resultado da pesquisa de intenção de votos realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas no Estado do Rio Grande do Sul.

O resultado do levantamento foi divulgado nesta segunda-feira (4) e mostra Bolsonaro na liderança dois cenários pesquisados. Ao todo, 1.590 eleitores foram ouvidos em 66 cidades brasileiras, entre os dias 28 de agosto e 1º de setembro. A margem de erro do levantamento é de 2,5% para mais ou para menos.

Cenário 1

No primeiro cenário, Bolsonaro aparece na liderança com 21,9%. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece na segunda posição, com 18,1%. O terceiro colocado é o prefeito da cidade de São Paulo, João Doria (PSDB), que soma 13,1%.

Além do resultado significativo sobre Lula, Bolsonaro também pode comemorar a vantagem sobre Doria. Afinal de contas, o pleito de 2018 colocará de um lado Lula – se este for mesmo candidato – e do outro lado Bolsonaro ou Doria.

O deputado federal pelo Rio de Janeiro e o prefeito da maior cidade do país disputam o posto de anti-Lula, com vantagem para Bolsonaro, já que Doria despista sobre uma possível candidatura no ano que vem.

A lista de votação continua com o ex-ministro Joaquim Barbosa na quarta colocação, com 7,7%. Pouco à frente de Marina Silva (Rede), que soma 7,5%. A ex-senador petista é quem menos tem aproveitado o caos político no país.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro

Por isso, vai ficando para trás nas pesquisas.

Ciro Gomes (PDT) é o penúltimo da lista, com 6,6%. Álvaro Dias, senador do Paraná pelo Pode, é o último, com 5,3%. Quatro porcento não votaria em nenhum candidato e 16% não votaria em nenhum.

Cenário 2

O segundo cenário prova que Doria é mesmo o adversário de Bolsonaro. Quando o candidato tucano é o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, Bolsonaro amplia a vantagem na liderança, com 23,5%.

Lula sobe de 18,1% para 18,3%. Alckmin alcança apoio de apenas 8,8% dos eleitores. Quase cinco pontos a menos do que Doria. Joaquim Barbosa também cresce e marca 8,1%.

Marina Silva soma 7,3% e permanece à frente de Ciro Gomes, que tem 7%. Álvaro Dias alcança 6,3%. Neste cenário, 16,1% não votaria em nenhum candidato; 4,5% não sabem em quem votariam.

Outros estados

Levantamentos anteriores do Paraná Pesquisas mostraram Jair Bolsonaro à frente de Lula em estados como Paraná, Rio de Janeiro, Distrito Federal e na região norte do país.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo