Uma atitude do prefeito de São Paulo, João Doria Jr. (PSDB), deixou os paulistanos sem entender nada. Alegando não ter certeza se teria verbas para a manutenção da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Seme) até dezembro, o tucano cortou um orçamento de R$ 3 milhões que seria utilizado na realização da Virada Esportiva, que acontece no próximo final de semana, e é o maior evento esportivo promovido pela prefeitura. A verba era o único valor disponível para realizar o evento esportivo [VIDEO].

A justificativa do prefeito foi entendida no momento em que foi anunciada, mas deixou todos completamente confusos quando, através da mesma secretaria, liberou o valor tirado do esporte para a realização de eventos que vereadores solicitaram através de emendas.

Todos os eventos informados pelos parlamentares são de artes marciais e nenhum deles está ligado a uma confederação ou federação esportiva que tenha o reconhecimento do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

No dia 18 de julho, a Prefeitura de São Paulo disponibilizou um chamamento público informando a seleção para propostas de realização da Virada Esportiva. O documento deixava claro que “o teto de recursos disponibilizados para execução da virada, através da celebração de parcerias, seria no montante de R$ 3 milhões.

Antes de completar um mês, no dia 11 de agosto, a secretaria cancelou a convocação justificando que poderia haver insuficiência de recursos para manter de forma integral os serviços essenciais da pasta e, por isso, remanejaria a verba da Virada Esportiva para manter a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer funcionando normalmente até o final de 2017.

Os melhores vídeos do dia

Prefeito trocou seis por meia dúzia?

O que causou estranheza aos cidadãos paulistanos foi a articulação da secretaria para a liberação de emendas a vereadores logo após o corte da verba que seria destinada ao evento esportivo. Os valores somados com a distribuição das emendas já ultrapassam os R$ 3 milhões supostamente economizados com a Virada Esportiva e, coincidentemente. Alguns dos eventos apoiados pelos vereadores estão programados para acontecer justamente durante a Virada Esportiva, neste final de semana.

A Seme divulgou a programação informando que os eventos serão realizados dentro de equipamentos públicos como os CEUs, além dos centros esportivos. Apesar disso, a gestão do prefeito João Doria Jr. informou que essa será a maior Virada Cultural já realizada e contará com 1.136 atrações.