O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT), a cada dia vê o seu plano de chegar à presidência da república novamente mais longe. Agora ele pode ser vítima, justamente, de um grupo político que sempre foi seu aliado, o PC do B. A sigla da esquerda já percebe que o nome de Lula [VIDEO]está fraco e que as denúncias contra ele estão fortes. Devido a isso, o PC do B já pensa em lançar o seu próprio candidato.

O PC do B e o PT de Lula sempre foram amigos. O Partido Comunista do Brasil apoiou as Eleições de Lula e de Dilma Rousseff, que acabou sofrendo um impeachment no ano passado. No entanto, Lula pode levar um "tiro fatal" na política e perder esse importante apoiador de anos.

PC do B pode abandonar Lula e lançar candidato próprio à presidência em 2018

Caso isso se confirme, Lula levará um golpe e tanto. Isso porque o tempo na televisão que ele teria, caso se confirmasse o fato de ser um presidenciável, diminuiria. O PT sem apoio teria pouco tempo nas propagandas eleitorais para convencer o eleitor e campanhas ficariam complicadas.

De acordo com a coluna Painel, do jornal 'Folha de São Paulo', o PC do B já estaria, inclusive, consultando os seus dirigentes para não apoiar mais Lula. Um candidato próprio, para parte dos integrantes do Partido Comunista, teria mais chances na corrida eleitoral, pois a reputação de Lula está muito manchada com os ataques judiciais.

Palocci dá cartada final na trajetória para o fim do plano de presidência de Lula

O depoimento de Antonio Palocci ao juiz Sergio Moro alastrou a sensação de que o petista não conseguirá ser candidato.

E a sigla quer ter o próprio plano B até novembro. O prazo pode parecer longo, mas já a gente tentando conseguir eleitores meses antes do pleito.

Além disso, a Eleição de 2018 é tida como a mais improvável dos últimos tempos. Acredita-se que o inesperado possa sair vencedor. Nomes como o de João Doria, prefeito de São Paulo e até Jair Bolsonaro, do PSC, podem ganhar muitos votos e, quem sabe, chegar até o segundo turno.

Má reputação e justiça abalam Lula nas eleições de 2018

O PC do B já nem acredita que Lula já concorrer. A pressão da justiça está muito forte. O ex-presidente foi condenado a nove anos de prisão e, mesmo correndo atrás por um recurso, pode ser barrado na Lei da Ficha Limpa. Lula também responde a diversos outros processos referentes ao escândalo de corrupção que atingiu o país.

Mesmo a justiça não barrando o político, vídeos e manchetes dizendo que ele era o chefe da quadrilha que roubou o país podem ser usados por adversários, o que afugentaria os votos.