As eleições presidenciais de 2018 prometem ser muito quentes e acirradas, pois cada nova pesquisa presidencial que sai na mídia brasileira é uma nova surpresa, no entanto, os números nunca são iguais aos das pesquisas anteriores, desta vez mostraremos os dados de uma pesquisa presidencial feita pelo 'DataPoder360', instituto que demonstrou o impacto da delação premiada de Antonio Palocci na opinião da população brasileira.

O instituto realizou a pesquisa nos dias 15 e 17 de setembro, contando com a opinião 2.280 candidatos em 193 cidades diferentes, em todas as regiões do Brasil, sendo então um levantamento considerado nacional, a pesquisa tem uma margem de erro de 2,8 pontos percentuais para cima ou para baixo, e essa mesma mostra uma diferença muito grande das anteriores.

A pesquisa

Nas pesquisas anteriores, o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, registrava algo entre 31% e 32% das intenções de votos válidas, após a delação de Antonio Palocci, a porcentagem de Lula no primeiro cenário caiu para uma porcentagem entre 27% e 28%, enquanto o deputado federal Jair Messias Bolsonaro impressionou ao registrar uma oscilação entre 25% e 24%, estando então empatados tecnicamente com ex-presidente Lula, demonstrando uma grande reviravolta no cenário eleitoral do ano que vem.

Neste primeiro cenário foi considerada a candidatura de Marina Silva (REDE), Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB), onde todos estes ficaram tecnicamente empatados, com Ciro e Marina registrando cerca de 6% das intenções de votos e o governador de São Paulo Geraldo Alckmin apenas 5%, enquanto os brancos e nulos somaram 25% e 7% não responderam.

Segundo e terceiro cenário

Considerando a candidatura do prefeito da cidade de São Paulo, João Doria, do PSDB, o ex-presidente Lula continua em primeiro com cerca de 28% das intenções, enquanto o deputado federal Jair Bolsonaro tem uma queda brusca para uma oscilação entre 18% e 20%, e Doria fica na terceira posição com algo entre 12 para 10%, e neste a Marina Silva sobe para 7%, Ciro Gomes se mantém com os mesmos 6%.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Lula

Os brancos e nulos somaram 23% e 5% preferiram não responder.

No terceiro cenário não foi considerada a candidatura do ex-presidente Lula, até porque o mesmo corre risco de ser condenado em segunda instância no ano de 2018, por isso que foi colocado, na pesquisa, no lugar dele o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, neste cenário o Bolsonaro lidera com folga, e o deputado federal fica com cerca de 27%, enquanto Marina fica em segundo com 12%, Ciro com 11%, Geraldo Alckmin em quarto com algo entre 9% para 7%.

Haddad ficou com apenas 4%, brancos e nulos somaram 34% e 7% preferiram não responder.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo