A ex-protagonista da novela da Rede Globo, "Malhação", Luiza Valdetaro, teria abandonado sua carreira de atriz e ido morar em Londres. O fato é que a atriz se casou com Mariano Marcondes Ferraz, um dos envolvidos em corrupção, preso pelas investigações [VIDEO]da Operação Lava Jato. O casamento ocorreu em 2015, em uma cerimônia no Copacabana Palace, Rio de Janeiro.

Nesta quarta-feira, 27 de setembro, é possível reviver as aventuras de Manuela, estrelada por Luiza Valdetaro em uma reprise de "Malhação".

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Famosos

Na época, Luiza foi uma das poucas atrizes que conseguiram se consolidar na Rede Globo - ela chegou a participar das produções "Gabriela" e "Cordel Encantado". Os envolvimentos em atos ilícitos de seu marido teriam motivado a atriz abandonar por completo sua carreira artística e sair do Brasil, escolhendo viver em Londres.

Logo após o marido ser preso pela Lava Jato, Luiza foi para Londres e atualmente ela é sócia de uma produtora no país.

Investigado pela Lava Jato

Mariano Marcondes Ferraz participou de atos ilícitos prejudicando a Petrobras. Ele é acusado de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, tendo se envolvido em pagamentos de propina que chegaram a US$ 868.450,00. Em março deste ano, o juiz federal Sérgio Moro acatou a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra o empresário. Mariano Ferraz foi preso em outubro de 2016 pela Polícia Federal. Na ocasião, a PF prendeu Mariano no momento em que ele tentava embarcar para Londres, através do Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Completando um mês de detenção, o empresário pagou uma fiança avaliada em R$ 3 milhões para conseguir se livrar da cadeia.

Mariano Ferraz buscou pagar propina para Paulo Roberto Costa, e em troca, conseguiu firmar um contrato entre a empresa Decal do Brasil e a Petrobras. Em 2006, a Petrobras firmou um contrato com a Decal do Brasil para serviços como armazenagem e acostagem de navios em Pernambuco.

Ao prestar depoimento para as autoridades, o marido da atriz global [VIDEO]admitiu ter pago, o que ele chamou de "comissões", cerca de 1,5% do valor do contrato para Paulo Roberto Costa. Marino disse que isso foi firmado para que suas empresas possam continuar prestando serviços para a Petrobras. O Ministério Público Federal avaliou que os repasses de dinheiro foram feitos através de três pagamentos, o objetivo foi ocultar a movimentação de dinheiro. Com isso, Mariano Ferraz foi acusado de lavagem de dinheiro.