O senador Romário Farias é, hoje, um dos nomes políticos mais conhecidos do Brasil. Ele lançou, neste sábado (2), uma espécie de “livro-revelação”, em que conta muita coisa que viveu durante o tempo em que foi jogador de futebol.

O político, eleito pelo PSB do Rio de Janeiro, está marcando presença na Bienal para o lançar “Um olho na bola, outro no cartola”. Romário, que se mostra bastante atuante no Congresso Nacional, [VIDEO] revela, na obra, grandes segredos do futebol e promete que o livro irá causar muitos prejuízos a alguns cartolas, que ganham milhões com o esporte no Brasil.

Romário decide revelar tudo o que sabe sobre a política da CBF e garante: “Tenho provas”

As principais críticas de Romário, no livro, são contra a Confederação Brasileira de Futebol, a CBF.

Ele faz denúncias graves contra a entidade, acusando-a, por exemplo, de promover políticas corruptas no esporte mais popular do Brasil e do mundo.

Em entrevista ao jornalista Léo Dias, do jornal “O Dia”, o senador falou sobre as polêmicas expostas na publicação e garante ter provas de tudo o que diz. “Estou tranquilão”, disse Romário, que não descarta, em um futuro próximo, candidatar-se a um cargo importante na entidade.

CBF tenta impedir lançamento de livro de Romário Farias sobre corrupção

O político contou ao polêmico repórter que a entidade, inclusive, teria tentado embargar seu livro na justiça, mas que não conseguiu e, por isso, o lançamento foi confirmado para um dos momentos mais importantes e relevantes da Bienal do Livro, que acontece na região da Barra da Tijuca. O senador do PSB disse, ainda, que pelo fato de ter provas, muitos poderão reclamar e causar muitos burburinhos.

Os melhores vídeos do dia

Sobre os segredos da CBF

De acordo com Romário, existem elos de cartolas da CBF com empresários e políticos que atrapalham o futebol, o que seria uma espécie de corrupção no esporte. O ex-jogador afirmou que tudo o que aconteceu está documentado e que não tem medo de que a entidade que faz a gestão da Seleção Brasileira o processe.

Romário diz que seu livro é uma grande bomba, mas que o Brasil precisa saber de tudo

"Vai doer, mas não podem chiar", disse Romário sobre uma possível nova ação da CBF na justiça. “É uma bomba dentro de um livro”, elucidou o senador do PSB, que ainda continuou a detonar a entidade que gere o futebol no Brasil. "Vai mostrar pra todo mundo que tipo de corrupção, de sacanagem existe por trás do futebol brasileiro e dentro da CBF", adiantou o ex-atleta.