A crise política no Brasil [VIDEO] parece estar longe do fim. Constantemente o brasileiro é surpreendido com um novo escândalo político. Recentemente o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu que o senador Aécio Neves [VIDEO] deve ser afastado da política.

O Senado ainda não emitiu nenhuma decisão a respeito do afastamento de Aécio pelo STF [VIDEO]. A polêmica envolvendo o nome do senador pode lhe causar algumas complicações na vida político.

Movimento pede renúncia do senador Aécio Neves da presidência do partido

Dentro do PSDB, cresceu um movimento que visa forçar Aécio a renunciar ao cargo de presidente do partido. Desde o mês de maio, o senador mineiro está licenciado do cargo.

Foi nessa ocasião quem Neves entrou na mira da delação da JBS. Embora os integrantes do PSDB esperassem que Aécio renunciasse ao cargo, ele resistiu e até hoje é o presidente do partido tucano.

Desde que o STF decidiu que o senador deve ser afastado do cargo, o partido político no qual Aécio Neves é presidente decidiu articular para que o tucano saia definitivamente do comando. Os integrantes do partido acreditam que o fato de Neves permanecer no cargo possa de alguma forma causar um grande desgaste a imagem da legenda. A articulação feita pelo partido é para que ele abandone o cargo ainda neste mês.

Entenda o afastamento de Aécio

Foi no dia 26 de setembro que a 1ª turma do Supremo Tribunal Federal decidiu por três votos a dois que o senador deveria ser afastado do seu posto político e determinou o recolhimento noturno de Aécio na própria casa.

Neves é réu em um processo por corrupção passiva e obstrução de Justiça. Roberto Barroso explicou que o recolhimento noturno é um instrumento que está previsto no Código de Processo Penal e classificou essa decisão como uma ‘medida diversa de prisão’.

Burburinho nas redes sociais

Nas redes sociais, muitos internautas vibraram com a decisão do STF e postaram mensagens de apoio. Muitas pessoas comentaram que essa foi uma decisão sensata. Por outro lado, outras pessoas discordaram do STF e acreditam que ele não teria que se envolver nas decisões políticas.

Algumas pessoas acreditam que os responsáveis pela decisão de um senador ser afastado ou permanecer no cargo é de responsabilidade do Congresso. Até o momento, os parlamentares não votaram a respeito da decisão do STF. De acordo com o jornal “Folha”, provavelmente o Senado irá barrar o afastamento de Aécio.

Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante para a nossa equipe e sempre ajuda no diálogo.