O presidente da República, Michel Temer, acabou chamando a atenção de todo o país por conta de sua saúde. [VIDEO]Aos 77 anos, ele passou os últimos tempos bastante debilitado. De acordo com informações do ‘’Jornal Nacional’’, da TV Globo, em reportagem exibida na noite desta segunda-feira (30), dentro de um mês, ele vai passar por uma nova checagem no aparelho urinário e será submetido a um cateterismo, um exame detalhado das coronárias, já que o presidente tem uma obstrução parcial numa artéria do coração.

A gordura teria tomado conta das artérias do peemedebista, que nos últimos tempos chocou o país por conta de seu problema de saúde. [VIDEO]

Michel Temer passará por cateterismo, após artéria ficar parcialmente entupida, diz jornal da TV Globo

Quando Temer passou mal ainda na semana passada, justamente no dia em que a Câmara dos Deputados votava se ele deveria ou não ser investigado durante o tempo em que ainda está no mandato, chegou-se a especular que o problema de saúde que ele teve seria no coração.

Porém, mais tarde, após o peemedebista ir a um hospital militar em Brasília, ficou configurado que, na verdade, ele teria um problema urinário. Ele passou três dias internado em um hospital de São Paulo para resolver o problema e teve alta nessa segunda-feira (30). Isso não significa, entretanto, que os males da saúde de Temer estejam no fim. Muito pelo contrário.

O mal que atinge o coração de Michel Temer chama a atenção da opinião pública brasileira

Com uma idade avançada, Michel mostra que a idade não é tudo, mas que o avançar dos anos pode preocupar muita gente. Isso porque, no caso dele, sem o cateterismo o político poderia acabar tendo doenças piores, como um grande infarto.

Por isso, a cirurgia no coração do presidente é tão importante. Ela pode ajudar Temer a ter o gás que precisa para ele votar decisões que tanto quer, como a reforma da Previdência e também a trabalhista.

Michel Temer tem dados positivos nos últimos meses do ano em seu governo

Em suas mãos, Temer tem dados importantes. O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou que a inflação foi menor do que o esperado nos últimos 12 meses e, devido a essa situação, o novo valor do salário mínimo será ainda menor do que o que chegou a ser anunciado.

Além disso, os índices de desemprego no país caíram ainda mais, impressionando muita gente, que acreditava que a situação iria piorar. Atualmente, existem cerca de 13 milhões de pessoas que dizem procurar emprego no país. A situação causou comentários.

E você, o que pensa a respeito do assunto? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas diversos.